Menu
Busca quinta, 12 de dezembro de 2019
(67) 9860-3221
RETOMADA DE MANDATO

Senadores de MS votam a favor do mandato de Aécio

18 outubro 2017 - 06h58Por Adriano Moretto

Os três senadores por Mato Grosso do Sul votaram contra a decisão da Primeira Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) que havia determinado o afastamento de Aécio Neves (PSDB-MG) do mandato. 

No final da tarde de terça-feira (17), o tucano teve o mandato devolvido com 44 votos favoráveis, contra 26 contrários e outros nove estavam ausentes.

Pedro Chaves (PSC), Waldemir Moka (PMDB) e Simone Tebet (PMDB), se posicionaram contrários a decisão do Supremo após seus partidos orientarem os parlamentares a seguirem a medida.

Com isso, Aécio poderá retomar as atividades parlamentares.

O senador Aécio Neves foi denunciando pela PGR (Procuradoria-Geral da República) pelos crimes de obstrução de Justiça e organização criminosa. Os fatos tiveram base nas delações de executivos do grupo J&F, que controla a JBS.

Conforme a PGR, o tucano pediu e recebeu R$ 2 milhões da JBS como propina. A procuradoria afirma também que Aécio atuou em conjunto com o presidente Michel Temer (PMDB) para impedir o andamento da Lava Jato.

Carta

Antes da votação do Plenário, o senador Aécio Neves enviou uma carta aos parlamentares pedindo o apoio dos colegas, dizendo ser vítima de uma “trama ardilosamente construída”. 

“Talvez você possa imaginar a minha indignação diante da violência a que fui submetido e o sofrimento causado a mim, à minha família e a tantos mineiros e brasileiros que me conhecem de perto em mais de trinta anos na vida pública”. (Com G1 e Agência Senado).

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Mulher que morreu atropelada por menor bêbada será sepultada em Rio Verde
ECONOMIA
Com queda da Selic, bancos anunciam redução de taxas de juros
DOURADOS
UEMS abre inscrições para Pós-graduação em Coordenação Pedagógica
CHAPADÃO DO SUL
Homem é preso após furtar 840 ovos de caminhão estacionado
EMPREGO
Marinha abre concurso para serviço temporário; salário é de R$ 4 mil
CAPITAL
Menino de 4 anos diagnosticado com câncer morre após cirurgia
COMITÊ GESTOR
Simples Nacional revoga exclusão de 14 profissões de lista do MEI
CAMPO GRANDE
Criança é socorrida em estado grave após ser agredida por desconhecido
SAÚDE
Prefeito de São Paulo é internado em UTI após sangramento no fígado
DOURADOS
Jovem é preso com quase meio quilo de pasta base de cocaína

Mais Lidas

CAARAPÓ
Homem é assassinado a golpes de faca após discussão em bar
DOURADOS
Inteligência da PM prende dois por tráfico no bairro Estrela Tovi
GRANDE DOURADOS
Quadrilha especializada em roubo de caminhonetes é desarticulada e seis são presos
FURTO
Polícia recupera objetos e fecha ponto de receptação em Dourados