Menu
Busca segunda, 24 de setembro de 2018
(67) 9860-3221
EDUCAÇÃO

Senador, reitora e prefeitos discutem criação de três cursos em MS

02 junho 2015 - 16h45

Dois municípios de Mato Grosso do Sul poderão ganhar três novos cursos superiores em 2016. A criação das graduações em Medicina Veterinária em Paranaíba e de Engenharia Civil e Engenharia de Produção em Nova Andradina foi discutida em reunião nesta terça-feira (2), no Ministério da Educação, em Brasília.

Participaram da audiência com o ministro interino da Educação, Luiz Cláudio Costa, e com o secretário de Ensino Superior (Sesu), Jesualdo Pereira Farias, o senador Waldemir Moka (PMDB), a reitora da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Célia Maria Silva Correa Oliveira, e os prefeitos Roberto Hashioka (Nova Andradina) e Diogo Tita (Paranaíba).

Nova reunião da reitora com o Ministério da Educação está prevista para os próximos dias. Nela, será apresentado cronograma de desembolsos de recursos para que os cursos comecem a funcionar já no primeiro semestre do ano que vem. Essa possibilidade só existe, ressalva Célia Maria, se a proposta de investimento mínimo for aprovada.

O ministro foi informado de que os municípios estão em condições de receber os cursos, com espaço já destinado a cada um deles. Em Paranaíba, a estrutura disponível atende aos dois primeiros anos da graduação em Medicina Veterinária. “Do terceiro ano em diante, vamos precisar de um novo prédio para abrigar laboratórios e um hospital veterinário”, acrescentou.

Os investimentos previstos em Paranaíba para quatro anos estão estimados em R$ 36 milhões, sendo R$ 34 milhões para as obras do prédio e aparelhamento e R$ 2 milhões para custeio. O curso também tem destinado R$ 15 milhões de uma emenda da bancada federal.

Já em Nova Andradina o espaço para as graduações de Engenharia Civil e Engenharia de Produção está garantido. A reitora explica que o fato de a cidade oferecer os cursos de Gestão Financeira e de Administração, áreas com disciplinas básicas semelhantes às de Engenharia, facilitará a implantação dos cursos.

Para o senador Moka, a criação dessas três graduações vai beneficiar centenas de estudantes das regiões do Bolsão e Conesul, onde há carência na oferta de vagas nessas áreas. “São regiões de grande importância para a economia do nosso Estado e que merecem ser servidas por esses cursos”, afirmou. “Mas dependemos do sinal verde do Ministério da Educação”.

Expectativa

O prefeito Roberto Hashioka, de Nova Andradina, considerou a audiência “importante” e a participação do senador Moka “fundamental” para a implantação dos cursos no município. “A criação dos cursos beneficia o projeto do polo de tecnologia e inovação de Nova Andradina, também com o apoio do senador Moka”, frisou.

Já o prefeito Diogo Tita (PPS), de Paranaíba, destaca o significado para o município a implantação do curso de Medicina Veterinária. “Para implantar o curso, que já foi devidamente autorizado pelo MEC, falta a construção do prédio, embora já tenhamos oferecido espaço provisório para o seu funcionamento”, enfatizou Tita.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FUTEBOL
Chapecoense e Fluminense se enfrentam por "novos ares" no Brasileirão
TRÊS LAGOAS
Apartamento é invadido por dupla armada e casal é ferido a tiros
DÉCOR DO DIA
Sala de estar decorada com pufes e gallery wall
ESPORTES
Judô do MS conquista duas vagas para o Pan e Sul-Americano Sub-13
GERAL
Projeto de educação para o trânsito do Detran passará por modernização
ECONOMIA
Dólar abre em alta a R$ 4,05 e Bolsa de Valores opera em baixa
DOURADOS
Após temporal, avenida fica parcialmente bloqueada para limpeza e retirada de árvore
FUTEBOL
Vasco e Bahia buscam arrancada para se afastar do Z-4 do Brasileirão
NOVELA
Adriane Galisteu capricha na vilania e se destaca em “O Tempo Não Para”
BRASIL
IBGE mostra que municípios de MS lideram área plantada e valor em produção de silvicultura

Mais Lidas

DOURADOS
Amiga de jovem encontrada morta é presa acusada por tráfico e por alterar a cena do crime
TEMPORAL
Chuva e ventos fortes derrubam árvores em Dourados
POLÍCIA
Presos em Dourados são transferidos para capital
POLÍCIA
Homem sofre tentativa de homicídio em Dourados