Menu
Busca sábado, 21 de abril de 2018
(67) 9860-3221
INFRAESTRUTURA

Reinaldo cobra recuperação e construção de 3ª faixas nas BRs-262 e 158

12 setembro 2017 - 08h58

O Governador Reinaldo Azambuja, acompanhado de representantes da Fibria, fábrica de celulose de eucalipto, solicitou na noite desta segunda-feira, dia 11 de setembro, ao ministro dos Transportes, Mauricio Quintella Lessa, que agilize a recuperação e construção de 3ª faixa em trechos da BR-262, entre Três Lagoas e Agua Clara, e na BR-158.

O objetivo é melhorar o fluxo de veículos nestas estradas , uma vez que só na BR-262, segundo estudos da fábrica de celulose Fibria, localizada em Três Lagoas, são 10 caminhões por hora transportando materiais tanto para a Fibria como para a Eldorado Celulose.

"O ministro nos disse que vai assinar o contrato da restauração, faltando apenas ocorrer o descontingenciamento pelo Palácio do Planalto. Ele (ministro) prometeu que vai assinar logo para fazer a restauração da BR-262, e tem estudo para fazer a 3ª faixa entre Três Lagoas e Água Clara. A gente precisa pressa, agora a pressa é realizar estas obras", enfatizou Reinaldo Azambuja, explicando que as duas empresas de celulose contrataram estudos para construção de contorno rodoviário em Três Lagoas, que logo que estejam concluídos serão entregues ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), para que ocorra a contratação da empresa para executar a obra. A estimativa é que sejam investidos R$ 60 milhões no contorno, que terá extensão de 26 quilômetros.

O Governador também aproveitou a reunião para cobrar investimentos na malha ferroviária Oeste. "A Rumo está discutindo a ampliação da concessão, mas essa concessão tem de ocorrer com escopo de investimento de recuperação da malha Santos, Três Lagoas, Corumbá", afirmou. O secretário de Infraestrutura, Marcelo Miglioli, também participou da reunião com o ministro.

O gerente-geral de Operações Florestais da Fibria, Aires Galhardo, que participou da reunião, enfatizou que o encontro "foi muito positivo, o ministro foi bastante compreensivo com as demandas que o Estado trouxe, tem algumas demandas importantes como a BR- 262 e a ferroviária que precisam ter seus gargalos resolvidos, para ajudar na logística do Estado. São soluções que trariam novos investimentos e dariam maior potencial de investimentos ao Estado", emendando que a recuperação da BR-262 "é primordial" para o Estado. "Hoje, infelizmente, a BR-262 não tem faixas adicionais, o tráfego de caminhões acaba limitando a velocidade, não tem pontos para ultrapassagens. Trechos com 3ª faixa viabilizariam as ultrapassagens com segurança e aumentariam a velocidade da rodovia. Principalmente no trecho entre Águas Claras e Três Lagoas".

Deixe seu Comentário

Leia Também

QUASE R$ 400 MIL
Pedro Chaves é o que mais usou verbas indenizatórias em MS
BRASILEIRÃO
Cinco jogos completam rodada da Série B neste sábado
RIO BRILHANTE
Homem morre após cair com veículo em rio
PERTO DO FIM
Ponte de concreto para substituir a que caiu em Guia Lopes está 91% concluída
DEUS SALVE O REI
Afonso é capturado pelo exército de Montemor
BRASILEIRÃO
Santos vai à Bahia e Fla recebe mineiros na abertura da rodada
CAMPO GRANDE
Mulher morre ao ser arremessada de caminhonete
DOURADOS
Homem tem moto furtada do pátio da empresa onde trabalha
PARANAÍBA
Trio é preso levando veículos furtados até a Capital
BRASILEIRÃO
Única divisão com representante de MS, Série D começa hoje

Mais Lidas

SOLIDARIEDADE
Dourados inaugura a primeira geladeira solidária nesta sexta-feira
ABRIGO
Fazendeiro morto por pistoleiros já hospedou membro do Comando Vermelho
Morador da Rocinha foi preso com documento falso quando vigiava posto da PRF, na BR-463, uma das principais rotas do narcotráfico
POLÍCIA
Mulher é presa com crack do Paraguai na Rodoviária de Dourados
JARDIM GUANABARA
Homem é preso acusado de abusar de criança em Dourados