Menu
Busca sexta, 22 de fevereiro de 2019
(67) 9860-3221
SUCESSÃO MUNICIPAL

Reinaldo aguarda Marçal e diz que mudança depende dele

06 junho 2015 - 13h05

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) disse na manhã deste sábado (6) durante a abertura da Expomara, em Maracaju, que ainda aguarda a resposta do ex-deputado e radialista Marçal Filho (PMDB) para integrar o seu partido. Ele também confirmou uma reunião entre as partes na próxima semana, em Campo Grande.

“O convite foi feito e estamos aguardando. Ele [Marçal] estará em Campo Grande na próxima semana e vamos conversar. Dependemos apenas do aceite dele para integrar o PSDB”, disse ao Dourados News.

Marçal Filho já fez parte do ‘ninho tucano’ na década de 1990 e nas eleições de 1998 se elegeu deputado federal pela sigla, mudando para o PMDB no ano seguinte, quando assumiu o cargo na Câmara dos Deputados.

Em 2012 ele se colocou a disposição para a disputa das eleições municipais, mas acabou impedido de lançar candidatura por conta do projeto do partido em apoiar o atual prefeito, Murilo Zauith (PSB), indicando Odilon Azambuja como vice, o que desagradou o então deputado.

A possibilidade de mudança de ares de Marçal Filho é tão grande que o ex-governador André Puccinelli agendou um encontro com ele na segunda-feira (8), como forma de tentar mantê-lo no partido.

Porém, para Reinaldo Azambuja, a reunião entre ambos em Dourados pouco deve mudar a opinião do radialista. “Isso [a reunião] não atrapalha a nossa negociação, até porque não se pode impor nada. Sabemos que ele é uma liderança muito forte em Dourados e queremos contar com ele ao nosso lado”, finalizou.

ABANDONOU A POLÍTICA

Ao não conseguir a reeleição para a Câmara dos Deputados no ano passado, o radialista se pronunciou em seu programa de rádio dizendo que abandonaria a política, porém, seu nome é bastante lembrado para a prefeitura em Dourados, tanto que gerou o convite por parte das lideranças do PSDB.

Porém, a troca de partido não significa que Marçal será o nome da sigla na disputa pela prefeitura em 2016.

Durante a abertura da Expoagro, o governador disse que as conversas para a sucessão municipal ficarão a cargo dos diretórios regionais. “Ele é um nome forte, mas quem vai decidir serão os diretórios”, disse na época.



Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Bruna Griphao deixa tanquinho à mostra durante passeio na cachoeira
RORAIMA
Venezuela fecha fronteira com o Brasil no horário determinado por Maduro
BR-060
Perseguição acaba com 3 presos e caminhonete com maconha apreendida
REPASSES
Ministro do STF dá mais um ano para Congresso regulamentar a Lei Kandir
CAPITAL
PM encontra saco com 78 quilos de maconha em terreno baldio
MEIO AMBIENTE
Duas jibóias e uma jararaca foram capturadas nesta quinta na Capital
UFGD
Trote do Bem aumenta o número de doadores de medula óssea
APOSENTADO
Sargento da PM pega 4 anos de prisão por matar mulher a tiros
DOURADOS
Guarda Mirim abre turma e recebe título de Utilidade Pública Estadual
MEC
Instituições federais de ensino de MS recebem R$ 2,61 milhões

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher que encomendou morte de marido é transferida para presídio
OPORTUNIDADE
Prorrogadas inscrições em processo seletivo para contratação de Assistentes de Atividades Educacionais
JARDIM PIRATININGA
Recém-nascida é encontrada sob tanque de lavar roupas em Dourados
DOURADOS
Investigado por estupro de enteadas, homem é preso com pornografia infantil no celular