Menu
Busca domingo, 27 de maio de 2018
(67) 9860-3221
BANNER AUDIÊNCIA ASSEMBLEIA

Puccinelli veta lei das pulseiras sonoras em recém-nascidos

01 junho 2011 - 10h48

Aprovada no início do mês de maio, a lei que previa “obrigatoriedade de se utilizar pulseira com sensor eletrônico sonoro para identificação e segurança de recém-nascidos, nos hospitais e nas maternidades públicas e privadas do Estado de Mato Grosso do Sul” foi vetada pelo governador André Puccinelli.

O governador justificou o veto total com base na Constituição Estadual, alegando que a proposta “invade a competência do Chefe do Poder Executivo Estadual de iniciar o processo legislativo”, tendo em vista que a formulação de programas de políticas públicas constitui “ato típico de administração”.

Na justificativa do veto, o governador cita ainda decisões do STF (Supremo Tribunal Federal), que tem confirmado, com base na Constituição Federal, a competência privativa do governador do Estado, pelo princípio da simetria dos Poderes, propor à Assembleia Legislativa projetos de lei que visem à criação, estruturação e atribuições das Secretarias e órgãos da administração pública (CF, artigo 61, § 1º, II, “e”)”.

O veto total à lei das pulseiras com sensor para os recém-nascidos foi publicado na edição desta quarta-feira (01/06) do Diário Oficial do Estado. A lei é de autoria do deputado estadual Diogo Tita (PPS).

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORUMBÁ
Daniela Mercury sacode Corumbá com ‘Banzeiro’ e faz saudação a Manoel de Barros
BRASIL
Petroleiros deflagram greve de 72 horas a partir de quarta-feira
MS
PMA prende dois homens por furto de gado em fazenda
BRASIL
Forças de segurança escoltam caminhões para garantir abastecimento de combustível
REGIÃO
Reconstrução da MS-178 na entrada de Bonito usa engenharia das maiores obras do País
REGIÃO
PMA fecha carvoaria ilegal e autua proprietária em R$ 3,6 mil
BRASIL
11 aeroportos estão sem combustível neste domingo, informa a Infraero
ESPORTES
Ainda invicto, São Paulo faz confronto direto com América-MG
FRONTEIRA
Jovem é encontrado morto com várias facadas
MS
Maior programa de incentivos fiscais deve gerar 12 mil novos empregos

Mais Lidas

DOURADOS
Após desabastecimento, chegada de gasolina em alguns postos gera fila ‘gigante’
GREVE DOS CAMINHONEIROS
Caminhoneiros tiram veículos da rodovia, mas paralisação segue firme em Dourados
NÃO ATRAPALHAM
Juiz cita direito de greve e nega reintegração de posse da BR-163
ESCASSEZ
Fim de semana deve ‘esvaziar’ supermercado, afirma gerente