Menu
Busca quinta, 17 de janeiro de 2019
(67) 9860-3221
SANIDADE ANIMAL

Projeto de Renato Câmara reduzirá custos com exames do Mormo

13 setembro 2017 - 07h09

O deputado estadual Renato Câmara (PMDB) apresentou na sessão ordinária da Assembleia Legislativa desta terça-feira, dia 12, o projeto de lei que prevê a certificação de propriedades rurais livres da doença de Mormo, que ataca equinos, em Mato Grosso do Sul.

O projeto, que segue para análise da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), antes de ser apreciada em plenário, cria normas necessárias para a certificação de propriedades, que, optando pelo sistema, passariam a ser monitoradas pelas autoridades de sanidade animal no Estado.

O deputado lembra que a certificação representará uma econômica de recursos de R$ 500 por ano para o criador de equinos, que participa de exposições e competições de hipismo e laço comprido. Hoje para o deslocamento dos animais é preciso um exame trimestral, que custa R$ 250. Com a certificação e monitoramento a exigência do exame passa a ser semestral.

"Uma certificação desta natureza atende tanto os interesses públicos de controle, monitoramento e prevenção da doença, como permitirá a redução de custos aos criadores de equinos que participam de esportes hípicos em Mato Grosso do Sul", afirma Renato.

O Mormo é uma doença debilitante dos equinos e de alguns felinos, causada pelo Actinobacillus mallei, que produz nos cavalos rinite e grande secreção de muco, além de dilatação e endurecimento das glândulas da mandíbula inferior, podendo eventualmente ser transmitida ao homem.

Conforme o projeto, o processo de certificação de propriedades monitoradas em Mato Grosso do Sul será facultativo aos proprietários e criadores de equídeos. A certificação deverá observar, além das normas e regulamentos federais e estaduais vigentes, às normas técnicas vigentes editadas para preservar a sanidade animal e humana de riscos atinentes ao contato com o Mormo.







Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Mariana Rios posa sensual e surpreende com biquíni ousado: "que susto"
POLÍTICA
Moka confirma aposentadoria, mas diz que benefício será de R$ 8 mil
RIO BRILHANTE
Motorista fica ferido ao perder controle de veículo e parar em valeta
CALOR
Demanda por energia elétrica atingiu novo recorde nesta quarta-feira
CAARAPÓ
Homem simula sequestro para enganar mãe e acaba preso
JUSTIÇA
TJ/MS extingue Câmara e institui juiz substituto em 2º Grau
ATAQUES
Policiais encontram 700 kg de explosivos em apartamento de Fortaleza
NOVA ANDRADINA
Polícia apreende dois veículos com produtos eletrônicos na MS-141
STJ
Ex-presidente do Naviraiense é condenado por desviar R$ 247 mil
CRIME BÁRBARO
Mãe de santo acusada de homicídio em MS será julgada nesta quinta-feira

Mais Lidas

DOURADOS
Rapaz assassinado em emboscada foi preso por tentativa de furto a caixa eletrônico
NOVA LEI
Multa mínima para quem capturar Dourado na próxima temporada de pesca será de R$ 2,7 mil
INQUÉRITO CIVIL
Denúncia leva MP investigar recursos destinados à Saúde de Dourados
DOURADOS
Seis são apontados por participação em emboscada que matou interno do Semiaberto