Menu
Busca segunda, 24 de setembro de 2018
(67) 9860-3221
SANIDADE ANIMAL

Projeto de Renato Câmara reduzirá custos com exames do Mormo

13 setembro 2017 - 07h09

O deputado estadual Renato Câmara (PMDB) apresentou na sessão ordinária da Assembleia Legislativa desta terça-feira, dia 12, o projeto de lei que prevê a certificação de propriedades rurais livres da doença de Mormo, que ataca equinos, em Mato Grosso do Sul.

O projeto, que segue para análise da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), antes de ser apreciada em plenário, cria normas necessárias para a certificação de propriedades, que, optando pelo sistema, passariam a ser monitoradas pelas autoridades de sanidade animal no Estado.

O deputado lembra que a certificação representará uma econômica de recursos de R$ 500 por ano para o criador de equinos, que participa de exposições e competições de hipismo e laço comprido. Hoje para o deslocamento dos animais é preciso um exame trimestral, que custa R$ 250. Com a certificação e monitoramento a exigência do exame passa a ser semestral.

"Uma certificação desta natureza atende tanto os interesses públicos de controle, monitoramento e prevenção da doença, como permitirá a redução de custos aos criadores de equinos que participam de esportes hípicos em Mato Grosso do Sul", afirma Renato.

O Mormo é uma doença debilitante dos equinos e de alguns felinos, causada pelo Actinobacillus mallei, que produz nos cavalos rinite e grande secreção de muco, além de dilatação e endurecimento das glândulas da mandíbula inferior, podendo eventualmente ser transmitida ao homem.

Conforme o projeto, o processo de certificação de propriedades monitoradas em Mato Grosso do Sul será facultativo aos proprietários e criadores de equídeos. A certificação deverá observar, além das normas e regulamentos federais e estaduais vigentes, às normas técnicas vigentes editadas para preservar a sanidade animal e humana de riscos atinentes ao contato com o Mormo.







Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZ
Paola Antonini: "minha autoestima melhorou depois que perdi a perna"
PESQUISA
Ibope: governo Azambuja é aprovado por 46% e reprovado por 17%
CAPITAL
Homem é preso após invadir residência com carro de luxo furtado
EM ALTA
Barril do petróleo passa de US$ 81 e fecha no maior valor em 4 anos
TRÊS LAGOAS
Homem foge após lançar droga e 14 celulares para dentro de presídio
UEMS
EscolaGov promove curso de Licitação e Contratos em Dourados
EDUCAÇÃO
‘Infâncias, Docência e Educação Infantil’ é tema de Seminário na UFGD
AQUIDAUANA
Homem é preso após invadir casa e abusar de menina de 12 anos
BOATOS
Manuela d'Ávila é ameaçada nas redes sociais após fake news
IMPROBIDADE
Ex-servidor do TJMS é acusado de receber dinheiro para intervir em ação

Mais Lidas

DOURADOS
Amiga de jovem encontrada morta é presa acusada por tráfico e por alterar a cena do crime
TEMPORAL
Chuva e ventos fortes derrubam árvores em Dourados
DOURADOS
Adolescente é encontrado baleado na rua e morre no HV
POLÍCIA
Presos em Dourados são transferidos para capital