Menu
Busca sexta, 23 de fevereiro de 2018
(67) 9860-3221
SANIDADE ANIMAL

Projeto de Renato Câmara reduzirá custos com exames do Mormo

13 setembro 2017 - 07h09

O deputado estadual Renato Câmara (PMDB) apresentou na sessão ordinária da Assembleia Legislativa desta terça-feira, dia 12, o projeto de lei que prevê a certificação de propriedades rurais livres da doença de Mormo, que ataca equinos, em Mato Grosso do Sul.

O projeto, que segue para análise da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), antes de ser apreciada em plenário, cria normas necessárias para a certificação de propriedades, que, optando pelo sistema, passariam a ser monitoradas pelas autoridades de sanidade animal no Estado.

O deputado lembra que a certificação representará uma econômica de recursos de R$ 500 por ano para o criador de equinos, que participa de exposições e competições de hipismo e laço comprido. Hoje para o deslocamento dos animais é preciso um exame trimestral, que custa R$ 250. Com a certificação e monitoramento a exigência do exame passa a ser semestral.

"Uma certificação desta natureza atende tanto os interesses públicos de controle, monitoramento e prevenção da doença, como permitirá a redução de custos aos criadores de equinos que participam de esportes hípicos em Mato Grosso do Sul", afirma Renato.

O Mormo é uma doença debilitante dos equinos e de alguns felinos, causada pelo Actinobacillus mallei, que produz nos cavalos rinite e grande secreção de muco, além de dilatação e endurecimento das glândulas da mandíbula inferior, podendo eventualmente ser transmitida ao homem.

Conforme o projeto, o processo de certificação de propriedades monitoradas em Mato Grosso do Sul será facultativo aos proprietários e criadores de equídeos. A certificação deverá observar, além das normas e regulamentos federais e estaduais vigentes, às normas técnicas vigentes editadas para preservar a sanidade animal e humana de riscos atinentes ao contato com o Mormo.







Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Para evitar tumulto, cartório eleitoral passa a atender por agendamento
CONGRESSO
Proposta que tipifica crime de espancamento será analisada
ESTADUAL
Ventura diz que jogo contra Urso será “divisor de águas” para o Operário
INTERCÂMBIO
Fiems, Sebrae e Governo vão promover encontro de negócios com o Paraguai
CRIME AMBIENTAL
Satélites flagram desmatamento e homem acaba multado em R$ 8 mil
ECONOMIA
MS registra aumento na produção de carne bovina, suína e de frango
ESTADUAL
Sete terá reforços para duelo contra o Águia
DOURADOS
Mulher estaciona Biz e ao voltar, percebe furto
REMÉDIOS
Antidepressivos funcionam, indica estudo para solucionar um dos maiores debates da medicina
MÉXICO
Confira cinco dicas de passeios para fazer em Cancun

Mais Lidas

MS-276
Homem morre em acidente entre Indápolis e Lagoa Bonita
DOURADOS
Mulher é baleada durante assalto na avenida Indaiá
DOURADOS
Fundadora de creche vai à polícia após denúncia de agressão
AVENIDA INDAIÁ
Baleada em assalto em Dourados passa por cirurgia