Menu
Busca quarta, 26 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221
LEGISLATIVO ESTADUAL

Projeto de Marçal prevê acompanhamento domiciliar a pacientes com câncer

08 outubro 2019 - 15h05Por Da Redação

O deputado estadual Marçal Filho (PSDB) apresentou nesta terça-feira (08) na Assembleia Legislativa, Projeto de Lei que institui em Mato Grosso do Sul o “OncoDia de prevenção e atendimento aos pacientes de câncer”. A matéria segue agora para análise da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR).

A ideia do projeto é semelhante ao programa Hiperdia desenvolvido pelas unidades básicas de saúde, que destina-se ao cadastramento e acompanhamento de pessoas com hipertensão arterial ou diabetes. Conforme o Projeto de Lei, o objetivo do OncoDia é o de estabelecer um dia na semana para o atendimento ambulatorial, acompanhamento, orientação, assistência e promoção da saúde de pacientes do câncer cadastrados e vinculados à rede básica de saúde.

Por meio do OncoDia, conforme o projeto, será possível realizar um monitoramento contínuo da qualidade clínica e o controle de agravos dos pacientes; possibilitar o fornecimento de informações gerenciais que permitam subsidiar os gestores públicos para tomada de decisão na adoção de estratégias de intervenção gerais ou pontuais, como estimar acesso aos serviços de saúde, planejar demanda para referenciamentos; e fornecer informações que subsidiem a gerência e gestão da Assistência Farmacêutica.

Para colocar em prática o OncoDia, o atendimento será realizado por equipes interdisciplinares formadas por médico, psicólogo, assistente social e enfermeiro, vinculados à atenção básica, sendo destinado às pessoas com câncer que realizem o tratamento em seu convívio familiar, sem estágios que incidam em internação hospitalar.

"O Oncodia é o dia de prevenção e atendimento a pessoas com câncer que estão sendo tratados em seu convívio familiar, seja no inicio (descoberta) da doença, ou no meio de seu tratamento, porém, sem estágios que incidam em internação hospitalar", justificou Marçal Filho.

As redes básicas de saúde possuem um planejamento no que se refere ao Hiperdia (dia de acompanhamento a hipertensos), Dia das Gestantes, Dia de atenção especial a diabetes, porém, segundo os profissionais de saúde contatados pelo deputado, faz-se necessário um acompanhamento familiar das pessoas com câncer, que muitas vezes sentem-se isoladas, podendo entrar em depressão. Pode acontecer também do paciente reduzir a sua estima com a queda de cabelo devido ao tratamento, precisando de uma atenção especial, que poderia assim como os demais programas existentes, ser muito eficiente e auxiliar na recuperação e até mesmo, no combate contra a enfermidade.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

COPA DO BRASIL
Águia Negra treina em São Paulo para jogo contra Ferroviária
CAMPO GRANDE
Escola da zona rural é beneficiada com o parque feito em presídio
LITERATURA
Há 75 anos, morria Mário de Andrade, um dos maiores escritores do país
DOURADOS
Mulher tenta sair de mercado com quase R$ 700 em compras sem pagar
ESPORTES
Ciclista de MS conquista duas medalhas em competição nacional
ESTÁGIO
Acadêmicos do Vale Universidade podem cumprir horas nos finais de semana
DOURADOS
‘Confusão’ em Carnaval na praça gera discussões sobre uso dos espaços públicos
CRIME AMBIENTAL
Homem é autuado em 12 mil por falta de conservação de solo
CRISE
Com mais 23 assassinatos, mortes no Ceará chegam a 170
'PURO ÓDIO'
Liderança do PCC em Campo Grande é morto por dupla

Mais Lidas

CRIME
Ex-integrante de grupo de Rap é morto a tiros em Dourados
DOURADOS
Ex-prefeito de Amambai não resiste e morre no Hospital do Coração
ATENTADO
Aeronave pousa em Dourados e fica a disposição de Lanzarini
POLÍCIA
Ex-prefeito de Amambai Dirceu Lanzarini é ferido a tiros em atentado