Menu
Busca terça, 16 de julho de 2019
(67) 9860-3221

Prefeito diz que teve assinatura falsificada em papel pedindo R$ 500 mil

31 dezembro 2012 - 10h37

O prefeito de Rio Brilhante, Donato Lopes da Silva (PSDB), acusa duas pessoas de falsificação da sua assinatura para buscarem recursos no valor de R$ 500 mil junto ao Ministério das Cidades. Um dos acusados é o vereador e vice-prefeito eleito Wanderlei da Silva Barbosa (PT).

De acordo com o chefe do Executivo do município, localizado a 163 km de Campo Grande, o pedido da verba, destinada para pavimentação asfáltica que estava em fase de convênio, teria sido burlada pelo secretário de Administração e Planejamento da Prefeitura de Nova Alvorada do Sul, Márcio França. Donato afirma que a ordem partiu do vice-prefeito eleito de Rio Brilhante.

“Todo projeto orçamentário, eles procuram a gente. Desta vez fizeram por conta própria e falsificaram minha assinatura num papel”, reclama o prefeito.

O documento de Declaração de Capacidade Técnica e Gerencial foi encaminhado, com a suposta assinatura do prefeito, para a assessoria do deputado federal Vander Loubet (PT), e sem o conhecimento da arquiteta da Prefeitura de Rio Brilhante, Florinda Quintino de Freitas Fernandes, responsável pelo gerenciamento de contratos municipais e inscrição no Siconv (Sistema de Convênio dos Ministérios).

Entretanto, a assessoria do parlamentar entrou em contato com a arquiteta para avisar que o documento estava pronto, porém não era anexado já que precisaria de uma senha para entrar no Siconv, que é de posse de Florinda.

A arquiteta estranhou a natureza do documento e acionou o prefeito sobre a falsificação da assinatura. “É bom lembrar que o pessoal do gabinete do Vander não sabia que era falso”, comenta o prefeito. Donato procurou a Polícia e registrou Boletim de Ocorrência no último dia 21 pela acusação de estelionato e falsificação de documento público.

O vereador e vice-prefeito eleito também fez Boletim de Ocorrência hoje (28) contra a arquiteta com a acusação de calúnia. Procurado pela reportagem do Campo Grande News, Wanderlei disse que não sabia quais medidas Márcio iria tomar.

Ele afirma que o município iria perder o prazo para a verba e foi avisado pelo deputado federal Vander Loubet para acelerar a entrega do pedido. “Liguei duas vezes para a Florinda e ela não me atendeu, então pedi para o Márcio entrar em contato com a Florinda”. “Em nenhum momento ele tinha a intenção de levar vantagem financeira”, contesta. Vice-prefeito eleito de Rio Brilhante, Wanderlei comentou que Márcio deve integrar a equipe que assume a administração municipal.

O vereador disse ainda que a situação é política depois dos resultados das eleições. “A briga política é grande”. Wanderlei foi candidato à vice na chapa encabeçada por Sidney Foroni (PMDB), que venceu Tania Mara Martins Cerveira de Castro (PSDB), por 54,20% a 45,80%.

A reportagem tentou entrar em contato com Márcio, mas ele não foi encontrado. No dia 6 de outubro, véspera das eleições municipais, o então secretário de Administração foi preso por compra de votos num assentamento de Nova Alvorada do Sul.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORUMBÁ
Irmãos vão parar no CTI após explosão de chapa em confraternização
EDUCAÇÃO
Prazo para participar da lista de espera do ProUni termina hoje
BR-267
Carreta bate em 3 veículos durante interdição após acidente com morte
INFORME PUBLICITÁRIO
Para alguns alunos de Dourados, o futuro da Educação já é realidade
TEMPO
Terça-feira nublada, ainda com possibilidade de chuva em Dourados
SHOWBIZZ
Geisy Arruda posa de biquíni e avisa: “De volta à dieta e treinos”
CORUMBÁ
Flagrado pedindo propina, ginecologista foi denunciado por abuso sexual
SAÚDE
No Dia do Homem, endocrinologistas fazem campanha contra anabolizantes
TRÊS LAGOAS
Durante manutenção em terreno, trator gera faíscas e incendeia aeroporto
CAMPO GRANDE
Homem manteve ex grávida em cárcere porque 'não queria ter filhos' diz Polícia

Mais Lidas

DOURADOS
Homem é assassinado a tiros em conveniência
DOURADOS
Homem é morto no Jardim Pantanal; segundo homicídio da noite
DOURADOS
Homem é baleado no Jardim Pelicano
DOURADOS
Homem assassinado no Jardim Pantanal tinha 23 anos