Menu
Busca sábado, 23 de março de 2019
(67) 9860-3221

Políticos fecham acordo para votar Código Florestal

19 maio 2011 - 07h58

Líderes de base governistas e da oposição, reunidos há pouco, acertaram para terça-feira (24), a partir das 10h, a votação do novo Código Florestal. Também participaram da reunião o relator da proposta deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP) e outras lideranças da Casa.

O líder do PMDB, deputado Henrique Eduardo Alves (RN), disse que o acordo prevê a votação do texto apresentado por Rebelo e uma emenda de autoria do PMDB. A emenda prevê que a intervenção ou supressão de vegetação em áreas de preservação permanente (APPs) e a manutenção de atividade consolidadas até 22 de julho de 2008 ocorrerá nas hipóteses de utilidade pública, de interesse social ou de baixo impacto ambiental previstas em lei, bem como nas atividades agrossilvopastoris, ecoturismo e turismo rural.

Com isso, a oposição não irá mais apresentar a emenda que provocou o adiamento votação do código na sessão extraordinária da Câmara, na semana passada.

Os líderes também acertaram que só depois da aprovação do Código Florestal é que retomarão as votações das medidas provisórias.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZZ
Após cirurgia, Cleo Pires exibe corpão, faz dancinha e rebate seguidor
TRÊS LAGOAS
Mulher que entrou em briga de casal e matou homem diz que foi acidente
FUTEBOL
Aquidauanense vence o Operário na abertura das quartas do Estadual
DOURADOS
Agehab vai aos bairros para regularização de loteamentos sociais
PONTA PORÃ
Adolescente é apreendida com maconha que levaria para São Paulo
LUTO
Ator e diretor Domingos Oliveira morre aos 83 ans no Rio de Janeiro
FUTEBOL
Paquetá marca, mas Brasil só empata com Panamá em amistoso
BRASIL
Caminhoneiros se mobilizam para nova paralisação, mostra monitoramento
IVINHEMA
Médico veterinário morre em acidente de moto na MS-276
CICLISMO
Desafio das Araras de Mountain Bike abre inscrições para 2ª etapa

Mais Lidas

HU
Dengue hemorrágica causa morte de menino de 11 anos em Dourados
LUTO
Fundadora da ADL, Ruth Hellman morre em Dourados
DOURADOS
Protesto contra a Reforma da Previdência leva centenas ao Centro
DOURADOS
Trio que matou e roubou cabeleireiro é condenado a 62 anos de cadeia