Menu
Busca sábado, 21 de setembro de 2019
(67) 9860-3221
POLÍTICA

Odilon vira réu por omissão após assessor destruir documentos

12 setembro 2019 - 17h35Por Da Redação

Derrotado nas urnas no ano passado, quando debutou na política buscando a eleição para o governo do Estado, o juiz aposentado Odilon de Oliveira virou réu em processo administrativo disciplinar no TRF3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região). 

O motivo, seria a omissão do magistrado em relação a destruição de documentos pelo seu primo e ex-assessor Jedeão de Oliveira. A denúncia foi aceita em sessão ordinária do Órgão Especial do Tribunal, realizada na noite de quarta-feira (11).

De acordo com o Midiamax, a abertura do processo contra o juiz foi autorizada por maioria de votos.

O nome de Jedeão veio a público, pela primeira vez, em agosto de 2016, pouco depois de sua exoneração da 3ª Vara Federal, acusado de desvios onde trabalhou por 21 anos, que somam mais de R$ 11 milhões. 

Ele era o diretor de secretaria do juizado comandado até então por Odilon de Oliveira, seu chefe imediato e primo de 5° grau.

Ao Tribunal, a defesa disse que o juiz está aposentado há dois anos e foi responsável, quando ainda atuava, pela instauração do procedimento investigatório que deu causa a toda a investigação criminal e disciplinar contra Jedeão.

“Em nenhum momento o doutor Odilon de Oliveira foi omisso enquanto juiz titular da 3ª Vara Federal de Campo Grande”, afirmou a defesa. 

Ainda de acordo com o site, a advogada alegou que assim que tomou conhecimento de desvio de valores o juiz fez força-tarefa com levantamento de 15 anos dos processos nos quais o servidor atuou. 

“Foi em razão dessa investigação que ele deu início que o Jedeão foi condenado a mais de 41 anos de prisão”, disse a advogada, pedindo que fosse afastada a instauração do processo disciplinar.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAUUUUU!!
Rihanna aumenta a temperatura com foto sensual no Instagram
INFRAESTRUTURA
Governo vai pavimentar rodovia que liga Norte do MS ao Pantanal e Bonito
HISTÓRICO ESCOLAR FALSO
Condenação por falsificação e estelionato é mantida pela 3ª Câmara Criminal
BRASIL
Pesquisas indicam ingestão de microplásticos por humanos
LEGISLATIVO DE MS
Semana na ALMS terá duas audiências públicas
FESTA
2ª Peixada Dourados News celebra 19 anos do maior jornal online do interior de MS
BRASIL
Investidores internacionais querem evitar dupla tributação com Brasil
TRÁFICO
Polícia fecha "boca" e prende mulher seis dias após ela sair da prisão
MEIO AMBIENTE
Traficante de aves foge da polícia ao ser flagrado tentando furtar filhotes de papagaio
MÚSICA
Batalha de Bandas acontece neste sábado na Capital

Mais Lidas

SETEMBRO AMARELO
Sem perceber sinais, Silvânia perdeu a filha e hoje reconhece a necessidade da escuta
BARBÁRIE
Após matar criança afogada, pai ligou para ex e inventou sequestro
POLÍCIA
Jovem é executado por pistoleiros em Ponta Porã
DOURADOS
Bêbado é preso após bater carro e derrubar muro