Menu
Busca domingo, 08 de dezembro de 2019
(67) 9860-3221
POLÍTICA

Minirreforma eleitoral divide bancada de MS ao ser aprovada na Câmara dos Deputados

19 setembro 2019 - 09h01Por Redação

O projeto que altera as regras eleitorais foi aprovado pela Câmara dos Deputados na noite de quarta-feira (18). Da bancada sul-mato-grossense, Loester Trutis (PSL) esteve ausente, Beto Pereira (PSDB), Bia Cavassa (PSDB), Dr. Luiz Ovando (PSL), e Rose Modesto (PSDB) votaram sim, para manter o texto aprovado pelo Senado, e Dagoberto Nogueira (PDT), Fábio Trad (PSD), e Vander Loubet (PT) votaram não, para excluir propostas feitas pelos senadores.

Ao todo, 151 deputados votaram sim, contra mudanças propostas na Câmara e, portanto, favoráveis ao texto dos senadores. Outros 252 acompanhando o parecer do relator, deputado Wilson Santiago (PTB-PB), e votaram não, em apoio às quatro exclusões que haviam sido propostas pelo Senado Federal.

De acordo com o Congresso em Foco, “um dos pontos de maior crítica” removido pelos deputados “retirava a obrigatoriedade dos partidos padronizarem suas prestações de contas no sistema online do Tribunal Superior Eleitoral (TSE)”. “A falta de padronização dificultaria a transparência e o acesso aos dados de partidos pelo cidadão”, aponta a publicação.

Segundo a Câmara dos Deputados, o ponto mais polêmico da votação foi referente ao fundo eleitoral, que agora passa a poder ser aplicado também no financiamento de compra ou aluguéis de imóveis pelos partidos, na contratação de contadores e advogados, e no pagamento de juros, multas e débitos eleitorais.

Embora tenha sido aprovado ontem, o texto ainda precisa ser sancionado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), e para valer já nas eleições municipais de 2020, é necessário que as regras sejam publicadas até o começo de outubro.

“O projeto de lei do orçamento (PLOA 2020), enviado pelo governo Bolsonaro, destina R$ 2,54 bilhões para as eleições municipais. Em relação ao pleito de 2018 (R$ 1,72 bilhão), o aumento proposto é de 48%”, detalha a Câmara dos Deputados.

 

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

AGEPAN
Portaria homologa tarifas de pedágio de ponte sobre o Rio Paraguai
DOURADOS
Inteligência da PM prende dois por tráfico no bairro Estrela Tovi
RURAL
Carnes de porco e de frango acompanham alta nos preços do boi gordo
RIBAS DO RIO PARDO
Casal e dois filhos somem durante viagem e família pede ajuda
FURTO
Polícia recupera objetos e fecha ponto de receptação em Dourados
CAPITAL
Jovem morre em suposto acidente de trânsito, mas polícia não acha provas
UFMS
Universidade abre 30 vagas em concurso com salários de até R$ 10 mil
CAARAPÓ
Homem é assassinado a golpes de faca após discussão em bar
PESQUISA
36% reprovam e 30% aprovam o governo Bolsonaro, diz Datafolha
DOURADOS
Casal é preso escondendo droga em falda de criança de 7 meses

Mais Lidas

MÚSICA
Festival em meio a 'reserva natural' acontece hoje em Dourados
FUTEBOL
Última rodada do Brasileirão 2019 será disputada neste domingo
ECONOMIA
Com a certeza de dinheiro na conta, servidor estadual faz planos com 13°
INTERNACIONAL
Pelo menos 43 pessoas morrem em incêndio em fábrica da Índia