Menu
Busca quarta, 17 de outubro de 2018
(67) 9860-3221

Deputado Marçal anuncia votação do Pronatec

09 junho 2011 - 09h04

O pedido da presidente Dilma Rouseff, ao deputado federal Marçal Filho, que preside a Frente Parlamentar de Apoio ao Ensino Técnico e Profissionalizante, de mobilizar o Congresso Nacional, para aprovar Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), já surtiu efeito. Na próxima semana o projeto será analisado e votado por quatro comissões: de Constituição e Justiça, de Educação, de Finanças e de Trabalho, em caráter de urgência e depois deverá ser submetido a votação no plenário, dada a importância da matéria.

Marçal Filho explica que depois que a presidente se reuniu com ele e pediu pessoalmente que ajudasse a defender essa bandeira na Câmara Federal, passou a se reunir com parlamentares e líderes, para promover a aceleração da votação do Programa. “Estive com o relator da CCJ, o deputado Jorginho Mello (PSDB) e com Eliezer Pacheco, secretário de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (MEC) reivindicando maior agilidade. Eles de pronto me atenderam e já na semana que vem o Pronatec deve ir para votação, em plenário, depois de apresentado relatório, em conjunto, das quatro comissões envolvidas”, ressaltou o deputado.

Marçal Filho, que é membro titular da CCJ, conta que o programa tem como meta criar 8 milhões de vagas na educação profissional até o fim do mandato. “O Pronatec prevê a construção de mais 120 escolas de educação profissional e tecnológica, oferecendo condições para profissionalizar milhares de jovens e desempregados em todo o Brasil”, comemora o parlamentar.

O deputado enfatiza que o Pronatec já garantiu, por exemplo, a instalação de mais três escolas técnicas federais para o Mato Grosso do Sul: em Dourados, Naviraí e Terenos. “Realizamos uma audiência pública em Naviraí nos mesmos moldes daquela que fizemos em Dourados para que a sociedade organizada pudesse apontar os cursos técnicos que irão atender as necessidades daquele município”, explicou o parlamentar.

Marçal enfatiza que o Pronatec vai ofertar vagas gratuitas em instituições públicas e privadas, incluindo as do “Sistema S” como Sesi, Senai, Sesc e Senac, a estudantes e trabalhadores interessados em qualificação profissional. “O programa prevê, além da ampliação da rede federal, pagamento de bolsa formação para trabalhadores e estudantes, aumento das vagas gratuitas em cursos do “Sistema S” e a extensão do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para cursos técnicos”, salientou.

PRONATEC

O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) foi pensado inicialmente como ferramenta para melhorar o Ensino Médio, ampliando a formação do aluno em cursos profissionalizantes integrados ao ensino regular. Mas a iniciativa vai incluir também trabalhadores interessados em qualificação profissional. Trabalhadores reincidentes no seguro-desemprego serão recrutados para participar de cursos profissionalizantes em instituições públicas ou do Sistema S.

Eles serão orientados sobre o tipo de curso e a área em que podem se capacitar. Após a matrícula, a frequência do aluno será controlada e ele só receberá o seguro-desemprego se comparecer às aulas. Já os alunos do Ensino Médio que quiserem combinar a escola com cursos profissionalizantes receberão uma bolsa formação caso não consigam uma vaga em instituição pública. O valor da bolsa vai variar de acordo com o curso escolhido. Os beneficiários serão definidos pelos sistemas estaduais de ensino e estudarão essencialmente em escolas do “Sistema S”. De acordo com o ministro da Educação, Fernando Haddad, serão ofertadas 3,5 milhões de bolsas formação nos próximos quatro anos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

REPAROS
Sites do governo do estado foram restabelecidos após problemas técnicos
PANTANAL
Briga por ração de gado termina em assassinato em fazenda
POLÍCIA
Operação Hipster apreende comprimidos de ecstasy em vários estados
HOMENAGEM
Plenário do Tribunal do Júri de Fátima do Sul terá nome de servidor
EDUCAÇÃO
MEC libera R$ 2 milhões para universidades e institutos federais do MS
PÂNICO
Menino entra armado e dispara dentro de escola na Capital
ECONOMIA
Dólar fecha o dia em queda de 1,04%, o menos valor desde 25 de maio
MATO GROSSO DO SUL
STJ adia para dia 24 julgamento de arquivamento de inquérito contra governador
BRASIL
Senado aprova MP que cria cargos no Ministério da Segurança Pública
CRIME AMBIENTAL
Trio é detido e multado em R$ 15 mil por pesca predatória

Mais Lidas

DOIS DIAS DEPOIS
Servidora pública é encontrada nos fundos de residência que estava para alugar
DOURADOS
Cinco anos após crime, acusados pela morte de vendedor douradense vão a júri popular
CENAS DE CINEMA
Perseguição e troca de tiros termina com veículos recuperados em Dourados
DOURADOS
Familiares continuam na busca por mulher desaparecida e criticam falsos alertas