Menu
Busca sexta, 29 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Delcídio leva a ministro propostas para acabar com conflitos indígenas em MS

15 junho 2011 - 15h57

O senador Delcídio do Amaral(PT/MS) se reuniu nesta quarta-feira, 15 de
junho, em Brasília, com o presidente da Famasul, Eduardo Riedel, e o
professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Denis Rosenfield,
para discutir propostas destinadas a solucionar definitivamente as
disputas por terra envolvendo indígenas e produtores rurais em Mato Grosso
do Sul.

“Debatemos sugestões importantes, que inclusive já foram apresentadas em
diversos fóruns em nosso estado e no Congresso Nacional. Uma delas é
adotar em Mato Grosso do Sul a mesma solução encontrada para resolver a
questão em Tocantins, onde um decreto assinado pelo ex-presidente Lula em
7 de dezembro do ano passado, considerou de interesse social duas áreas no
município de Lagoa de Confusão para assentar o grupo indígena
Krahô-Kanelas. As fazendas Retiro do Cocal e Lagoa do Jacaré foram
desapropriadas, os antigos proprietários indenizados com recursos da Funai
e os índios passaram a contar como novos locais para assentamento”,
revelou o senador, que na próxima quarta-feira, 22 de junho, tem audiência
marcada com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, para discutir o
assunto.

“Vou levar ao ministro um conjunto de medidas que podem servir de
referência na hora de se tomar a decisão sobre o que fazer em Mato Grosso
do Sul. Eu não tenho dúvida que toda a bancada que representa o estado no
Congresso Nacional vai estar alinhada para viabilizar os recursos
necessários não só às desapropriações, mas também para garantir
educação e saúde às etnias indígenas do nosso estado, cuja população é a
segunda maior do Brasil”, destacou.

Para o senador, a questão tem que ser bem negociada, para atender tanto os
interesses dos produtores quanto os dos índios.

“Existe a necessidade de se conservar a cultura e a história das etnias,
mas não podemos , com isso, sacrificar ainda mais os produtores rurais
que, em sua esmagadora maioria, ocupam essas terras há dezenas de anos de boa fé, ajudando a construir um estado e um país com oportunidades para
todos”, ponderou Delcídio.

Deixe seu Comentário

Leia Também

INQUÉRITO DAS FAKE NEWS
Weintraub fica calado em depoimento sobre ofensas a ministros do STF
CAPITAL
Mulher pagou por carro que não recebeu e descobre golpe em cartório
NOVA DATA
Fundect prorroga prazos referentes aos Editais Papos da UEMS
CORUMBÁ
Jovem morre após acidente causado por falha em freios de caminhão
AVANÇO DA PANDEMIA
Brasil registra mais de mil mortes pelo 4º dia seguido e passa a Espanha
DOURADOS
Fim de semana de temperatura amena e possibilidade de chuva
COSTA RICA
Preso homem suspeito de matar casal na frente de menina de 3 anos
POLÍTICA
Câmara deve notificar Braz a apresentar defesa na segunda-feira
JUSTIÇA
Estudante será indenizado por não receber todas as aulas de Curso
TRÁFICO
Homem é preso com tabletes de maconha em galão de óleo queimado

Mais Lidas

PANDEMIA
Dourados é "campeã" de casos de coronavírus em MS pelo 3º dia consecutivo
TRÁFICO
Servidor da Sesai usava veículo oficial para trazer maconha do Paraguai
COVID-19
Curva segue ascendente e Dourados ultrapassa 200 casos de coronavírus
DOURADOS
Após brigar com a ex e decidir dormir na rua, homem é assaltado e agredido