Menu
Busca sábado, 19 de janeiro de 2019
(67) 9860-3221

Declaração de próprio punho pode valer como comprovante

09 junho 2011 - 12h44

Tramita na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul um projeto interessante para o consumidor. O projeto de lei foi apresentado na sessão de quarta-feira (08) pelo deputado Pedro Kemp (PT), prevendo que a declaração de próprio punho do cidadão interessado em fazer cadastros, compras ou realizar qualquer serviço poderá suprir a exigência do comprovante de residência.

O intuito é desburocratizar e evitar o transtorno do cidadão em ter que se deslocar mais de uma vez ao local onde deseja efetuar o cadastro.

O projeto estabelece ainda que na declaração manuscrita seja incluído a ciência do autor de que a falsidade nas informações ficará sujeita às penalidades da legislação específica.

Também deve ficar esclarecido que a não aceitação do documento como prova de residência poderá em resultar em multa de até 150 Uferms (Unidades Fiscais Estaduais de Referência de Mato Grosso do Sul), ou seja, R$ 2.371,50.

Deixe seu Comentário

Leia Também

INTERNACIONAL
Explosão de oleoduto no México deixa pelo menos 20 mortos
OPORTUNIDADE
Projovem Urbano está com processo seletivo aberto para profissionais da área de educação
IVINHEMA
Homem denuncia roubo e moto é recuperada rapidamente
SEGURANÇA PÚBLICA
Ação policial "sitia" fronteira para evitar ataques criminosos
BRASIL
"Estou do lado da verdade", diz repórter que acusa Datena de assédio sexual
DOURADOS
Empresários pedem melhorias na geração de energia no Distrito Industrial
FUTEBOL
São Paulo e Santos entram em campo hoje no início do Paulistão
DOURADOS
Movimento prepara “carta de cassação” contra vereadores investigados por corrupção
BRASIL
OMS lista as 10 principais ameaças para a saúde em 2019
CRIME AMBIENTAL
"Pescadores ninjas" tentam afundar embarcação e fogem de abordagem

Mais Lidas

POLÍCIA
Rapaz é preso acusado de realizar ‘disk-droga’ em Dourados
DOURADOS
Investigado por corrupção, Idenor Machado volta a ser preso
FAKE NEWS
Eleandro Passaia é chamado para depor em caso de morte de jogador Daniel
DOURADOS
Consumidores reclamam dos valores nas contas e prometem protesto contra a Energisa