Menu
Busca sábado, 20 de julho de 2019
(67) 9860-3221
BATAYPORÃ

Debate entre vereadores termina em ''quebra-pau'' na porta de delegacia

25 junho 2019 - 22h20Por Da redação

Um debate entre os vereadores de Batayporã, no plenarinho da Casa de Leis, nesta terça-feira, dia 25 de junho, terminou em um “quebra-pau” que foi parar na porta da Delegacia de Polícia Civil do Município. 

De acordo com o Jornal da Nova, os parlamentares debatiam a respeito do preço de um terreno que a Prefeitura está projetando adquirir, momento em que o vereador Cabo Máximo (MDB), líder do prefeito Jorge Takahashi (MDB) na Casa, "peitou" o colega Germino Roz (PR). 

A agressão, a princípio "uma peitada no nariz", motivou o republicano a procurar a Delegacia, que funciona ao lado da Câmara, para registrar a ocorrência munido de um vídeo, “mas foi seguido pela pessoa do vereador Máximo”. 

De acordo com o registro policial, enquanto tentava contato com o delegado, Germino foi surpreendido pelo emedebista, que teria lhe aplicado uma rasteira, exclamando: "você me filmou, você me filmou". 

Ao mesmo tempo, segundo o boletim de ocorrência, Cabo Máximo desferia socos na cabeça e nas costas de Germino, que ficou caído ao chão. Populares e servidores presenciaram a cena, que só terminou quando a porta da delegacia foi aberta.

Em contato com o site Jornal da Nova, Germino informou que irá fazer exame de corpo de delito e ingressar com pedido de quebra de decoro contra Máximo. O Jornal também tentou contato com o vereador do MDB, mas o parlamentar não atendeu e nem retornou as ligações.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NORONHA
Isis Valverde relembra foto de biquíni em cenário paradisíaco
FATALIDADE
Vítimas de grave acidente em Bataguassu serão veladas neste sábado
JUSTIÇA
Direitos da criança e do índio são preservados em adoções por indígenas
CAPITAL
Polícia pede prisão de comerciante suspeito de matar o próprio tio
LEGISLAÇÃO
Detran esclarece Lei que permite transferência de multas e pontos na CNH
CORRUPÇÃO
Traficantes acusam polícia paraguaia de cobrar R$ 30 mil para liberar droga
ESPORTES
Mundo Novo abre a 2ª fase da Copa Assomasul de futebol
CORUMBÁ
Justiça nega prisão de médico suspeito de cobrar por cirurgia do SUS
CAMPO GRANDE
Homem agride ex-esposa gestante em posto de saúde e acaba preso
MINISTÉRIO PÚBLICO
Concurso da PRF: após ação, banca convoca mais candidatos negros

Mais Lidas

FRONTEIRA
Pistoleiros são presos após executarem homem a tiros
DOURADOS
Delegado encerra Inquérito e aguarda perícia para saber se tiro que matou bioquímico foi acidental
DOURADOS
AGORA: Homem é baleado no Estrela Verá
FRONTEIRA
Suspeito de ter matado homem encontrado boiando em rio é preso