Menu
Busca sábado, 23 de junho de 2018
(67) 9860-3221
INVESTIGAÇÃO

CPI mista ouve advogado da JBS em sessão secreta

18 outubro 2017 - 11h56Por Agência Brasil

Depois de debate entre os parlamentares, a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da JBS decidiu ouvir nesta quarta-feira (18), em sessão secreta, o diretor-jurídico do grupo, Francisco de Assis e Silva. O pedido de reunião fechada foi feito pelo depoente, que negocia em acordo de delação premiada.

“Delator abre mão do silêncio. Tem que falar aberto”, insistiu o deputado Paulo Pimenta (PT-RS). O advogado Ticiano Figueiredo lembrou, no entanto, que a CPMI já ouviu outros depoentes em reunião secreta, como no caso do advogado Willer Thomaz e do procurador Ângelo Goulart Francisco, e pediu o mesmo tratamento para Francisco. Ele argumentou que o pedido para  depoimento reservado ocorre em função de procedimentos sigilosos decorrentes da colaboração.

Instalada no início de setembro, a comissão tem, como presidente, o senador Ataídes (PSDB-TO), e como relator, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS). O foco da CPI mista são as supostas irregularidades envolvendo as empresas JBS e J&F em operações feitas com o BNDES e BNDESPar, ocorridas entre 2007 a 2016.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZ
Aline Riscado exibe corpão em foto de biquíni verde
FRAUDE
Vodca e uísque são as bebidas mais falsificadas; veja como descobrir
FRONTEIRA
Ação entre PF e PRF apreende cerca de 5 toneladas de maconha
PORNOGRAFIA
Vaticano condena sacerdote acusado de pedofilia a cinco anos de prisão
CAMPO GRANDE
Após 5 horas, garota desce de caixa d’água e é levada para UPA
FUTEBOL
Alemanha bate a Suécia no último lance do jogo e respira na Copa
CONTRABANDO
Polícia descobre depósito com mil caixas de cigarros e prende trio
FUTEBOL
Campeonato Estadual Sub-19 começa neste final de semana
DOE SANGUE, DOE VIDA
Hemosul precisa de doações de sangue: Confira onde doar em MS
FUTEBOL
México vence a Coreia do Sul e fica a um passo da classificação

Mais Lidas

DOURADOS
Suspeito nega envolvimento, mas é autuado por latrocínio
DOURADOS
Assassinato de andarilho pode ter ocorrido dentro de barraco
POLÍCIA
Homem morre em Dourados após acidente na BR-163
DOURADOS
Corpo encontrado carbonizado seria de andarilho