Menu
Busca terça, 16 de julho de 2019
(67) 9860-3221
SEM APOSENTADORIA

Conselheiro desiste de aposentadoria e resolve retornar ao Tribunal Contas

12 junho 2015 - 06h57

O conselheiro José Ricardo Pereira Cabral, depois ter sua aposentadoria anulada pelo TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso Sul) na última quarta-feira, dia 10 de junho, desistiu de recorrer da decisão e protocolou na tarde de ontem, dia 11, pedido para retomar sua cadeira do TCE/MS (Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul).

Não há previsão de quanto tempo levará para que o processo seja reaberto e a aposentadoria siga todos os procedimentos legais para ser revalidada. Segundo o site Campo Grande News, com isso, o deputado estadual Flávio Kayatt (PSDB), que era cogitado a ocupar a vaga, vai ter que esperar mais um pouco.

José Ricardo Cabral foi nomeado para exercer o cargo de conselheiro em 1º de dezembro de 2006 e completou 60 anos de idade no início do mês de maio passado. Em 2014, ele assumiu a vice-presidência do TCE, quando decidiu pedir aposentadoria antecipada.

A disputa para assumir a vacância, que seria do ex-deputado Antonio Carlos Arroyo e chegou a ser nomeado em novembro do ano passado, foi parar no Tribunal de Justiça, depois que o corpo diretivo do Tribunal de Contas realizou sessão extraordinária e anulou o processo de aposentadoria e recorreu ao TJ/MS para anular a nomeação de Arroyo.

Com a decisão de retornar ao TCE/MS, a próxima vacância seria com a aposentadoria da conselheira Marisa Serrano, que completaria o tempo pela idade em 2017, quanto completará 70 anos. Porém, com aprovação da PEC da “bengala” aprovada no Congresso Nacional, ela deverá pedir aposentadoria somente aos 75 anos, ou seja, em 2022.

De acordo com a legislação, os conselheiros do TCE/MS, além de atingir a idade deve ter pelo menos 5 anos de atuação no Tribunal.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSOS
Marina Ruy Barbosa tem o Instagram hackeado: “providências estão sendo tomadas”
DOURADOS
Coordenadora de Ceim é exonerada e pais fazem abaixo-assinado para tentar mantê-la
TECNOLOGIA
Como monitorar o celular do esposo
BRASIL
Governo não teme judicialização da reforma da Previdência, diz AGU
ASSEMBLEIA
Deputados encerram 1º semestre com mais de 2 mil proposições apresentadas
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Exonerado para cumprir rito, Geraldo Resende volta à Câmara e diz que terá dia produtivo em Brasília
DOURADOS
Délia diz que novas exonerações na prefeitura ainda dependem de estudo
BRASIL
Bolsonaro participa de Reunião do Conselho de Governo
FRONTEIRA
Polícia recupera veículo roubado no RJ e que seria entregue no Paraguai
DOURADOS
Assassinado em conveniência já cumpriu pena por tráfico e lavagem de dinheiro

Mais Lidas

DOURADOS
Homem é assassinado a tiros em conveniência
DOURADOS
Homem é morto no Jardim Pantanal; segundo homicídio da noite
DOURADOS
Homem é baleado no Jardim Pelicano
DOURADOS
Homem assassinado no Jardim Pantanal tinha 23 anos