Menu
Busca terça, 02 de junho de 2020
(67) 99659-5905
ASSEMBLEIA

CCJR distribui Orçamento para 2018

31 outubro 2017 - 13h20Por Redação

Em reunião nesta terça-feira (31/10), a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul distribuiu nove projetos, tendo destaques para a segunda revisão do Plano Plurianual para o período de 2016/2019, do Poder Executivo, por meio do Projeto de Lei (PL) 232/2017 e o PL 233/2017, também do Executivo, que estima receita e fixa a despesa do Estado para o exercício financeiro de 2018 – Lei Orçamentária Anual (LOA).

As matérias foram para relatoria de Professor Rinaldo (PSDB) e Beto Pereira (PSDB), respectivamente.

Os membros também devolveram pareceres de cinco matérias, com destaque para relatoria de Pedro Kemp (PT) com parecer contrário ao Projeto de Lei 191/2017, de Mara Caseiro (PSDB), Coronel David (PSC), Maurício Picarelli (PSDB), Dr. Paulo Siufi (PMDB) e Lidio Lopes (PEN), denominada Programa Escola Sem Partido.

A proposta dispõe sobre os deveres dos professores sobre assuntos relacionados à política, religião e gênero, com justificativa de prevenir práticas de doutrinações ideológicas – confira na íntegra clicando aqui. 

Kemp considerou em seu voto o que dispôs liminar do ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), que suspendeu o mesmo programa em Alagoas, em que definiu ser competência exclusiva da União legislar sobre diretos e deveres dos funcionários e órgãos públicos e também competência para legislar sobre direito civil. O projeto dispõe que a medida vale às escolas públicas, sendo que nas escolas privadas conteúdos desses assuntos somente seriam repassados com autorização dos pais ou responsáveis.

“Além dos vícios formais para a não tramitação, o projeto tem concepção atrasada de educação, visto que considera o aluno apenas objeto passível, sem possibilidade de pensamento crítico. Muitas vezes os meios de comunicação determinam muito mais que pais e professores. A educação nunca vai ser neutra, pelo contrário, deve ser um espaço democrático para que dê aos alunos autonomia no pensar e formar sua opinião e isso só é possível por meio do debate. A proposta nega a pluralidade pedagógica, a liberdade de expressão, os valores pela tolerância e desconfia do professor”, argumentou Kemp.

A proposta já foi tema de amplo debate na tribuna da Assembleia Legislativa, reveja aqui, e por ser considerada polêmica, o presidente da CCJR, deputado Beto Pereira, pediu vistas ao projeto para definir seu voto com mais tempo e deve devolver na próxima sessão. Para ser arquivado o projeto deve obter votação unânime com o relatório pela rejeição, do contrário segue ao plenário.

Outros projetos

Os deputados ainda aprovaram na reunião desta terça-feira pareceres favoráveis ao PL 231/2017, de Paulo Corrêa (PR), que declara de Utilidade Pública Estadual a Associação Junior Achievement de Mato Groso do Sul e ao PL 182/2017, de Onevan de Matos (PSDB), que institui a Semana do Professor e o Prêmio Sul-mato-grossense de Excelência na Educação. Eles seguem para votação em primeira discussão no plenário.

Também aprovaram livre tramitação ao PL 237/2017, de Renato Câmara (PMDB), que dispõe sobre o plantio de vegetais do gênero citrus no Estado, como pés de laranja, limão, tangerina, em locais livres da doença denominada cancro cítrico, causada pela bactéria Xanthomonas axonopodis pv citri e ao PL 234/2017, do Executivo, que autoriza o Governo a contratar operação de crédito externo com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), no âmbito do Projeto de Modernização Fiscal, coma garantia da União. Os dois também seguem à apreciação dos demais deputados em plenário.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESTUDO
Modelo matemático mostra possível colapso do sistema de saúde em MS em julho
PANDEMIA
Novo epicentro, Dourados é a cidade com mais casos de coronavírus em MS
TRÁFICO
Perseguição termina com quase 1t de maconha apreendida
DOURADOS
Por amor, homem corta tornozeleira para voltar para o namorado na PED
DOURADOS
Cobertura vacinal contra a gripe está abaixo de 50% entre indígenas, gestantes e puérperas
DOURADOS
Após duas confirmações de Covid-19, vereadores serão testados na quinta
PANDEMIA
Enquanto casos de coronavírus continuam aumentando, taxa de isolamento despenca em Dourados
AGROTÓXICOS
Município da Grande Dourados deve explicar ao STF lei que proíbe pulverização aérea
É LEI
Procon deve fiscalizar validade de produtos alimentícios em promoção
TRÁFICO DE DROGAS
Casal é preso após entreposto da droga ser fechado em Dourados

Mais Lidas

DOURADOS
HU emite nota de esclarecimento sobre atendimento de mulher que morreu com Covid-19
PANDEMIA
Com mais 27 casos, Dourados ultrapassa 300 confirmações de coronavírus
PANDEMIA
Dourados registra mais 19 casos de coronavírus em 24 horas
6ª VARA CÍVEL
Empresário vai à Justiça contra toque de recolher em Dourados