Menu
Busca sexta, 14 de agosto de 2020
(67) 99659-5905
PLANALTO

Carlos Bolsonaro pede desculpas por fazer post no Twitter do pai

17 outubro 2019 - 20h35Por G1

O vereador Carlos Bolsonaro pediu desculpas nesta quinta-feira, dia 17 de outubro, por uma mensagem publicada na conta oficial no Twitter do pai, o presidente Jair Bolsonaro.

O texto, apagado em seguida, dizia que o presidente apoiava a prisão após condenação em segunda instância e que uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) sobre o tema tramita no Congresso.

A prisão em segunda instância começou a ser julgada nesta quinta-feira pelo Supremo Tribunal Federal (STF). A previsão é que a votação ocorra na semana que vem, segundo o presidente da Corte, Dias Toffoli.

"Aos que questionam, sempre deixamos clara nossa posição favorável em relação à prisão em segunda instância. Proposta de Emenda à Constituição que encontra-se sob a relatoria da deputada federal @caroldetoni", dizia a postagem apagada.

Carlos, então, postou na própria conta do Twitter: "Eu escrevi o tweet sobre segunda instância sem autorização do presidente. Me desculpem a todos! A intenção jamais foi atacar ninguém! Apenas expor o que acontece na Casa Legislativa!".

A um usuário, ele respondeu que estava "assumindo a culpa" pela mensagem publicada na conta do pai.

O Planalto não comentou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Senadora Soraya Thronicke garante R$ 800 mil para assistência social
DOAÇÕES
Segurança de MS é reforçada com itens recebidos do legado da Senasp
REGIÃO
Adolescente de 15 anos é assassinado em aldeia de Douradina
JUSTIÇA
Ex-companheiro que permaneceu no imóvel do casal deve prestar contas
NOVA ANDRADINA
Carreta carregada com plumas de algodão pega fogo na BR-267
VILA CACHOEIRINHA
Preso após quebrar vidraça de sorveteria é reconhecido por vítima de furto
ALDEIA BORORÓ
Primos são suspeitos de tentar estuprar criança de 8 anos em Dourados
DOURADOS
Condenado por roubo é detido após furtar queijo e detergente de mercado
CRIME AMBIENTAL
Dono de chácara leva multa de R$ 3 mil por derrubar árvores sem licença
RIBAS DO RIO PARDO
Em liberdade provisória, mulher acaba presa por tráfico de drogas

Mais Lidas

DOURADOS
Preso no Ipê Roxo era investigado desde fevereiro por estupro do sobrinho
VIDA NOTURNA
“Estão passando fome”: profissionais do sexo sofrem com a pandemia em Dourados
DOURADOS
Com gritos de "pega ladrão", grupo é flagrado furtando carro no Jardim Paulista
DOURADOS
Decreto deve autorizar volta de cursos profissionalizantes e atividades práticas de universidades