Menu
Busca quinta, 18 de julho de 2019
(67) 9860-3221
DOURADOS

Câmara homenageia Aced e escritor

30 junho 2015 - 15h00

Assessoria

Em moções de congratulações, vereadores destacam papel da Aced no contexto político, social e econômico de Dourados e elogiam livro que conta história da entidade

Os 70 anos da Associação Comercial e Empresarial de Dourados e a publicação de livro comemorativo mereceram o reconhecimento do legislativo municipal, por meio de moções de congratulações entregues na manhã desta terça-feira (30) ao presidente da Aced, empresário Antonio Luiz Nogueira e ao jornalista e escritor Luis Carlos Luciano.

Em cerimônia simples, no Gabinete da Presidência, o presidente Idenor Machado (DEM) fez a entrega das moções, assinadas por todos os 19 vereadores, e destacou o trabalho da Aced, sua importância no contexto político, social e econômico de Dourados e, também, o trabalho de pesquisa e dedicação do jornalista Luis Luciano na produção do livro “Aced 70 anos”. O vice-presidente Cirilo Ramão (PTC) e o segundo-secretário Pedro Pepa (DEM) também prestigiaram a homenagem.

“A Aced foi fundada em 29 de maio de 1945, por um pequeno grupo de comerciantes, em um cenário completamente desfavorável, pois eram muitas as dificuldades enfrentadas pelo comércio local”, recordam os vereadores na moção, observando que sete décadas depois (...) “temos a esplêndida e única oportunidade de vermos que esse trabalho deu bons resultados e gerou uma associação comercial forte, bem estruturada e que, em todos esses anos, tem buscado atender às expectativas não apenas dos seus associados, assim como de nossa Dourados”.

Sobre o livro, a Câmara destaca que o jornalista Luis Luciano resgata pontos históricos, transcreve a fundamental importância e percebe que há uma interferência muito forte dos membros da associação no desenvolvimento de Dourados. “Uns escrevem para salvar a humanidade ou incitar lutas de classes, outros para se perpetuar nos manuais de literatura ou conquistar posições e honrarias. Os melhores são os que escrevem pelo prazer de escrever, para que os momentos históricos sejam preservados e eternizados em nossas memórias”, diz a moção.

Antonio Nogueira agradeceu a moção dizendo que homenagem coroa um trabalho coletivo, de pessoas que atuam no intuito de contribuir para o crescimento de Dourados. “As pesquisas mostram que 90% da vida da cidade passam pela Associação Comercial. E isso começou lá atrás, com os pioneiros, que foram comerciantes e, acima de tudo, homens de visão”, disse.

Por sua vez, jornalista e escritor Luiz Carlos Luciano disse que “o maior ganho é o reconhecimento; e serve como estímulo” para a busca de novos trabalhos literários. Ele também destacou a importância de se registrar momentos importantes da história, como a dos pioneiros que deixaram o legado para gerações futuras; “a eles os elogios”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Marun anuncia Puccinelli à disputa ao Governo em 2022
DOURADOS
Fundação contratada por R$ 243 mil apresenta Plano de Arborização Urbana
FRONTEIRA
Pistoleiros são presos após executarem homem a tiros
FUTEBOL
Série B do Brasileirão tem um jogo marcado para hoje
DOURADOS
"Pirão do Bem" acontece neste sábado no Rotary Guaicurus
DANOS MORAIS
Acusada por furto que não cometeu será indenizada em R$ 15 mil por supermercado
DOURADOS
Reunião na Câmara discutirá meio de reverter corte em obra do aeroporto
ADEQUAÇÃO
Lei que proíbe canudos plásticos em MS é sancionada
BRASIL
Índice de confiança do empresário cresce pelo segundo mês consecutivo
NORTE DE MS
Homem é encontrado morto no meio da rua e suspeita é de hipotermia

Mais Lidas

DOURADOS
Execução de comerciante douradense foi “comemorada” com tiros em bairro da periferia
DOURADOS
Indígenas invadem propriedade e atacam policiais com flechas e coquetel molotov
DINHEIRO NOVO
Governo deve anunciar ainda esta semana a liberação de saques do FGTS
POLÍCIA
Polícia prende ladrão de moto e descobre ‘boca de fumo’ no Dioclécio Artuzi