Menu
Busca domingo, 16 de junho de 2019
(67) 9860-3221
POLÍTICA

Câmara ainda analisa recomendação do MP para anular sessões de investigados

12 junho 2019 - 09h21Por Vinicios Araújo

O vereador Alan Guedes (DEM), presidente da Câmara de Vereadores de Dourados, disse que a Casa de Leis segue analisando a recomendação do Ministério Público Estadual sobre supostas rupturas nos processos de julgamento de vereadores afastados por envolvimento em investigações. 

De acordo com Alan, uma equipe jurídica está empenhada em garantir a elucidação dos questionamentos que rodeiam a absolvição de Cirilo Ramão (MDB), Pedro Pepa (DEM) e Idenor Machado (PSDB), e a cassação de Denize Portolan (PR). 

A Casa tem até 20 de junho para retornar aos promotores se acata ou não a recomendação. O MPE alega que, por estarem afastados por mandado da Justiça e não pelo processo de investigação institucional da Câmara, os suplentes deveriam ter participado dos julgamentos. 

Na época, a alegação que limitou Marcelo Mourão (PRP), Toninho Cruz (PSB), Marinisa Mizoguchi (PSB) e Lia Nogueira (PR) de influenciarem no julgamento de seus respectivos titulares, foi o fato de serem favorecidos com o processo de cassação.

Mourão ocupa a cadeira de Cirilo Ramão; Lia Nogueira atua em lugar de Denize; Toninho e Marinisa são suplentes nas chapas de Pepa e Idenor. 

Segundo o presidente, “interferências externas” são comuns.

Ele cita o exemplo das ações entre MPE e Prefeitura e também questionamentos do TCE (Tribunal de Contas do Estado) sobre os gastos da Casa de Leis. 

Alan Guedes comentou também que apesar da recomendação desafiar a independência do poder legislativo, o ambiente da Casa permanece “tranquilo”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSOS
Munik Nunes posa de body de renda e fãs falam de abuso de photoshop
ECOLOGIA
Número de turistas internacionais em Mato Grosso do Sul cresce 14% em 2018
FUTEBOL
Com triunfo sobre a Bolívia, Brasil chega à 100ª vitória na Copa América
ANASTÁCIO
Policial desconfia de negociação de jet ski e dupa é presa com arma e mais de R$ 13 mil
MUNDO
Hong Kong recua sobre lei que permite extradições para China
CAMPO GRANDE
Homem é assassinado por ex-marido da mulher durante encontro
MALHAÇÃO
Cleber e Anjinha se estranham e namoro fica ameaçado: 'Eu vou desistir'
ASSEMBLEIA
Escola Bilíngue para Surdos passa pela CCJR e segue a plenário
IMUNIZAÇÃO
Campanha de vacinação contra aftosa encerra neste sábado em MS
CAMPO GRANDE
Internado com suspeita de H1N1, homem morre em hospital e pode ser 15ª vítima em MS

Mais Lidas

POLÊMICA
Dono da Havan manda “recado” a manifestantes após protesto em frente a loja de Dourados
DOURADOS
Jovem é preso com arma de fogo após disparar e errar tiros contra desafeto da mãe
CARUMBÉ
Morto em colisão frontal contra caminhão tinha 58 anos
DOURADOS
Polícia suspeita que grupo tenha assassinado tio e sobrinho na aldeia