Menu
Busca quinta, 17 de outubro de 2019
(67) 9860-3221
BRASIL

Bolsonaro publica decreto que cria cadastro com dados de brasileiros

10 outubro 2019 - 21h50Por G1

Um decreto assinado nesta quinta-feira, dia 10 de outubro, pelo presidente Jair Bolsonaro, e publicado no "Diário Oficial da União" institui o Cadastro Base do Cidadão, que reunirá informações pessoais dos cidadãos.

De acordo com o decreto, entre os objetivos do cadastro estão "aprimorar a gestão de políticas públicas"; "aumentar a confiabilidade dos cadastros de cidadãos existentes na administração pública"; e "facilitar o compartilhamento de dados cadastrais do cidadão entre os órgãos da administração pública".

De acordo com o decreto, o governo espera "viabilizar a criação de meio unificado de identificação do cidadão para prestação de serviços públicos”, além de facilitar o compartilhamento dos dados entre os órgãos públicos.

Inicialmente, diz o texto do decreto, vão integrar a base de dados do cadastro informações biográficas dos cidadãos que constam da base do CPF, como nome, sexo e filiação.

Entretanto, há previsão de que sejam acrescidos dados "provenientes de bases temáticas, por meio do número de inscrição do CPF".

O decreto cria ainda o Comitê Central de Governança de Dados, que fica responsável pelas "regras e parâmetros para o compartilhamento restrito" dos dados da base, "incluídos os padrões relativos à preservação do sigilo e da segurança".

Caberá ainda ao comitê a inclusão de novos dados no Cadastro Base do Cidadão. Outra atribuição do comitê será dar a palavra final quando houver controvérsia envolvendo o compartilhamento de dados do cadastro com entidades públicas federais.

De acordo com o decreto, esse comitê será composto por dois representantes do Ministério da Economia; um da Casa Civil; um da Secretaria de Transparência e Prevenção da Corrupção da Controladoria-Geral da Presidência da República; um da Secretaria Especial de Modernização do Estado da Secretaria-Geral da Presidência; um da Advocacia-Geral da União e um do INSS.

O texto prevê que os primeiros membros do comitê sejam indicados em até 15 dias.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Polícia investiga morte de bebê logo após parto em Dourados
CEARÁ
Sobe para cinco o número de morto no desabamento de Fortaleza
TEMPORAL
Vendaval destelharam cerca de 50 casas em Ribas do Rio Pardo
APROVADOS
Agepen publica quadro de vagas para lotação de agentes penitenciários
MIRANDA
Ambiental recolhe filhote de cateto em sede de propriedade rural
PLANALTO
Carlos Bolsonaro pede desculpas por fazer post no Twitter do pai
GUIA LOPES
Após morte de criança por overdose, ação da polícia prende sete
SOLIDARIEDADE
Família faz vaquinha para tratamento de menina com síndrome rara
FUTEBOL
Final da Libertadores de 2020 será no estádio do Maracanã
JARDIM
Mulher é agredida com golpes de capacete e esfaqueada pelo marido

Mais Lidas

DOURADOS
Ciclista morre no HV após ser atropelado por ônibus
POLÍCIA
Irmãos são detidos após polícia encontrar droga no Jardim Flórida
DOURADOS
UPA passa a atender apenas casos de urgência e emergência
EXPULSÃO
Chefão do narcotráfico é entregue à Polícia Federal brasileira