Menu
Busca sexta, 29 de maio de 2020
(67) 99659-5905
ARTICULAÇÃO

Bancada federal de MS quer destravar investimentos para implantação da Rota Bioceânica

18 setembro 2019 - 17h20Por Da Redação

A bancada federal de Mato Grosso do Sul, sob a coordenação do senador Nelsinho Trad (PSD) e com a presença do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), se reuniu nesta terça-feira no Senado Federal. O grupo tomou conhecimento que o Governo Federal bloqueou R$ 770 mil que estavam sendo utilizados para estudos de análise de custo-benefício da Rota Bioceânica, enquanto mantém R$ 7 milhões para o Paraná. Além disso, até o próximo dia 20 de outubro, os parlamentares do Estado pretendem se reunir toda semana para montar estratégias na batalha por mais recursos federais.

“Nós iremos até o ministro Tarcísio (Tarcísio Gomes de Freitas), responsável pela Empresa de Planejamento e Logística, que faz o estudo, para que o recurso seja desbloqueado”, comentou o senador Nelsinho Trad.

Segundo o senador Nelsinho, na quinta-feira haverá reunião no ministério da Infraestrutura. Para o governador Reinaldo Azambuja, essa reunião foi positiva aos pleitos do Estado. “Existe sintonia de pensamento entre os nossos parlamentares e o Governo do Estado sobre o que é prioridade para Mato Grosso do Sul, eles vão brigar pela lei orçamentária para o ano que vem em defesa comum para o nosso Estado, discutir mais investimentos e colocar a Rota Bioceânica como interesse nacional”, explicou o governador.

O coordenador Nacional do Corredor Rodoviário Bioceânico, João Carlos Parkinson de Castro, apresentou o andamento do estudo e os investimentos necessários. “O estudo técnico é muito importante, vai simplificar a rota que vai passar por quatro países, ficará muito mais fácil como entrar na Europa e carimbar o passaporte na chegada para garantir a competitividade do mercado”, disse o governador Reinaldo Azambuja, destacando que a Rota Bioceânica já saiu do papel com o andamento de obras na Cordilheira dos Andes, do traçado Santa Cruz e Cochabamba e até 2023 a conclusão da ponte Carmelo Peralta.

Participaram da reunião as senadoras Simone Tebet (MDB) e Soraya Thronicke (PSL), e os deputados Rose Modesto (PSDB), Fabio Trad (PSD), Beto Pereira (PSDB), Bia Cavassa (PSDB), Vander Loubet (PT), Dr. Luiz Ovando (PSL) e Dagoberto Nogueira (PDT), além do secretário de Governo e Relações Institucionais da Prefeitura de Campo Grande, Antônio Cézar Lacerda Alves.

Deixe seu Comentário

Leia Também

RIO BRILHANTE
Cães farejadores encontram skunk em Duster com placas falsas
COMER BEM
10 curiosidades sobre pizza que você precisa saber
INFORME PUBLICITÁRIO
Máquinas agrícolas com pneus velhos? A União Pneus realiza a coleta na sua propriedade
CHAPADÃO DO SUL
Paciente com suspeita de covid-19 morre a caminho de hospital
POLÍTICA
Instituições do Idoso de 49 municípios vão receber cestas de alimentos
SEU BOLSO
Receita paga nesta sexta-feira restituições do primeiro lote do IR
SIDROLÂNDIA
Homem é executado com 6 tiros durante partida de futebol
TEMPO
Sexta-feira de sol com algumas nuvens em Dourados; não chove
ENERGIA SOLAR
Porque investir em energia solar?
COSTA RICA
Menina de 3 anos dormia com a mãe que foi assassinada a facadas pelo ex

Mais Lidas

PANDEMIA
Dourados é "campeã" de casos de coronavírus em MS pelo 3º dia consecutivo
TRÁFICO
Servidor da Sesai usava veículo oficial para trazer maconha do Paraguai
COVID-19
Curva segue ascendente e Dourados ultrapassa 200 casos de coronavírus
DOURADOS
Após brigar com a ex e decidir dormir na rua, homem é assaltado e agredido