Menu
Busca sexta, 20 de julho de 2018
(67) 9860-3221

Bancada e Puccinelli discutem com ministro investimentos na fronteira

01 junho 2011 - 10h40

Os membros da bancada de Mato Grosso do Sul no Congresso Nacional e o
governador André Puccinelli foram recebidos nesta quarta-feira, dia 1º de
junho, em Brasília, pelo ministro da Integração Nacional, Fernando
Bezerra, a quem reforçaram pedido para liberação de recursos destinados a
conclusão da pavimentação da Rodovia Sul-Fronteira, que interliga os
municípios de Sete Quedas, Paranhos, Coronel Sapucaia, Aral Moreira e
Ponta Porã.

“Mostramos ao ministro que essa é uma estrada fundamental para o Brasil
não só porque melhora o escoamento da produção de vários municípios
sul-mato-grossenses , mas porque reforça as ações de segurança na
fronteira, por facilitar a atuação das polícias no combate ao contrabando
e ao narcotráfico. Tem também a questão da defesa sanitária,
importantíssima para o nosso estado e os nossos produtores. Percorri a
região recentemente e confirmei que os prefeitos esperam a conclusão do
asfaltamento ansiosamente”, relatou o senador Delcídio do Amaral(PT/MS)

Os membros da bancada e o governador pediram a Fernando Bezerra que a
pavimentação da Sul-Fronteira seja incluída na segunda etapa do Programa
de Aceleração do Crescimento, o PAC II.

“Com isso, não existirá a necessidade da bancada incluir , todo ano, no
Orçamento Geral da União, emendas pedindo a liberação de recursos para a
obra. Colocando no PAC II, cujo planejamento a presidenta Dilma conclui
até julho, nós efetivamente temos todas as condições para garantir esse
sonho para toda a população que vive na região”, ponderou Delcídio.

A comitiva apresentou outros pedidos ao ministro da Integração.

“Falamos sobre a Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste e a
necessidade da Sudeco ter instrumentos para garantir investimentos nos
estados da região. É fundamental que a superintendência não tenha só uma
estrutura de planejamento de políticas para o Centro-Oeste, mas também
recursos para financiamentos de projetos importantes. Isso ainda vai
evoluir, mas já é uma boa sinalização da presidenta Dilma. Conversamos
também sobre as emendas de 2009 que estão no Ministério da Integração e
a necessidade de liberá-las urgentemente . O ministro nos deixou
tranqüilos informado que vai cumprir o compromisso até 30 de junho”,
revelou Delcídio.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UEMS CAPITAL
Continuam abertas inscrições para cursos de Idiomas
ELEIÇÕES 2018
PDT lança candidatura de Ciro Gomes a presidente
ELEIÇÕES 2018
PDT "puxa fila" e PSDB e MDB finalizam convenções entre quem deve disputar o governo em MS
PROMOÇÃO
Sorteio da campanha Festival de Prêmios Abevê será amanhã
CAPITAL
Funcionário esfaqueia patrão, mulher e criança de 11 anos
CAMPO GRANDE
Idosa morre ao ser atropelada por motociclista sem CNH
APARECIDA DO TABOADO
Grupo é preso pescando com redes ilegais e tem barco, motor e pescado apreendidos
BRASIL
Regras de IOF sobre empréstimos são atualizadas pela Receita
NOVELA
Resumo de 'Segundo Sol' da semana de 23 a 28 de julho
LAMA ASFÁLTICA
PF diz que prisão foi baseada em novas provas contra Puccinelli

Mais Lidas

DOURADOS
Ladrões levaram mais de R$ 1,5 mil em assalto a padaria
DOURADOS
Polícia prende trio acusado de assaltar padaria no III Plano
OPERAÇÃO ECHELON
Facção tem "casa de apoio" para presos em MS
MS-156
Traficantes abandonam caminhonete com mais de 1t de maconha