Menu
Busca segunda, 19 de novembro de 2018
(67) 9860-3221

Bancada e Puccinelli discutem com ministro investimentos na fronteira

01 junho 2011 - 10h40

Os membros da bancada de Mato Grosso do Sul no Congresso Nacional e o
governador André Puccinelli foram recebidos nesta quarta-feira, dia 1º de
junho, em Brasília, pelo ministro da Integração Nacional, Fernando
Bezerra, a quem reforçaram pedido para liberação de recursos destinados a
conclusão da pavimentação da Rodovia Sul-Fronteira, que interliga os
municípios de Sete Quedas, Paranhos, Coronel Sapucaia, Aral Moreira e
Ponta Porã.

“Mostramos ao ministro que essa é uma estrada fundamental para o Brasil
não só porque melhora o escoamento da produção de vários municípios
sul-mato-grossenses , mas porque reforça as ações de segurança na
fronteira, por facilitar a atuação das polícias no combate ao contrabando
e ao narcotráfico. Tem também a questão da defesa sanitária,
importantíssima para o nosso estado e os nossos produtores. Percorri a
região recentemente e confirmei que os prefeitos esperam a conclusão do
asfaltamento ansiosamente”, relatou o senador Delcídio do Amaral(PT/MS)

Os membros da bancada e o governador pediram a Fernando Bezerra que a
pavimentação da Sul-Fronteira seja incluída na segunda etapa do Programa
de Aceleração do Crescimento, o PAC II.

“Com isso, não existirá a necessidade da bancada incluir , todo ano, no
Orçamento Geral da União, emendas pedindo a liberação de recursos para a
obra. Colocando no PAC II, cujo planejamento a presidenta Dilma conclui
até julho, nós efetivamente temos todas as condições para garantir esse
sonho para toda a população que vive na região”, ponderou Delcídio.

A comitiva apresentou outros pedidos ao ministro da Integração.

“Falamos sobre a Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste e a
necessidade da Sudeco ter instrumentos para garantir investimentos nos
estados da região. É fundamental que a superintendência não tenha só uma
estrutura de planejamento de políticas para o Centro-Oeste, mas também
recursos para financiamentos de projetos importantes. Isso ainda vai
evoluir, mas já é uma boa sinalização da presidenta Dilma. Conversamos
também sobre as emendas de 2009 que estão no Ministério da Integração e
a necessidade de liberá-las urgentemente . O ministro nos deixou
tranqüilos informado que vai cumprir o compromisso até 30 de junho”,
revelou Delcídio.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
Operário é salvo por colegas após ser soterrado em construção
ITAPORÃ
Prefeito reduz o próprio salário, do vice e de gerentes municipais
AQUIDAUANA
Mulher esfaqueia marido e diz que levou 'surra com galho de árvore'
ECONOMIA
Dólar encerra dia em alta, cotado a R$ 3,76; Bovespa também cai
DOURADOS
Homem é preso após roubar bermudas em loja
ECONOMIA
Russos reafirmam interesse na fábrica de fertilizantes em MS
MS
Memorial da Justiça do Trabalho inaugurado hoje será ponto turístico da Capital
CAMPO GRANDE
Encontrado nu, homem foi morto a facadas
PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA
Mais de 3 mil veículos são abordados durante operação nas rodovias estaduais
BRASIL
Haddad vira réu por corrupção e lavagem de dinheiro

Mais Lidas

TEMPORAL
Fortes ventos derrubam mais de 30 árvores e deixa rastro de destruição em Dourados
DOURADOS
Antes de ser assassinado, homem passou por ‘tribunal do crime’
FACADAS
Traficante brasileiro mata namorada dentro de cela no Paraguai
TEMPORAL
Ventos fortes derrubam árvores em Dourados