Menu
Busca terça, 20 de novembro de 2018
(67) 9860-3221

Após um mês preso, ex-vereador é liberado

30 maio 2011 - 18h12

O ex-vereador Sidlei Alves, acusado de participar da Máfia dos Consignados, deixou, na tarde desta segunda-feira, o Presídio de Segurança Máxima Harry Amorim Costa. De acordo com as informações da defesa do réu, o advogado João Arnar, ele recebeu benefício de habeas corpus.

Segundo o advogado, o pedido de liberdade foi aceito pela justiça porque o vereador possui residência fixa, família constituída e, ainda, porque as denúncias foram feitas antes de Sidlei Alves renunciar ao cargo de presidente da Câmara Municipal de Vereadores. A solicitação da defesa foi acatada pela juíza da 1ª Vara Criminal, Dileta Terezinha.

O advogado João Arnar, argumento que não havia, “portanto, mais risco para a ordem pública ou para a conveniência da instrução criminal, posto que, as testemunhas já foram todas ouvidas nos autos”.

Sidlei Alves foi detido junto com ex-vereador Humberto Teixeira Júnior e com o ex-assessor parlamentar Rodrigo Terra, além do ex-diretor da Câmara Amilton Salina.

No último dia 19, a juíza Dileta Terezinha Tomaz revogou a prisão preventiva do ex-vereador Humberto Teixeira Júnior e do ex-assessor parlamentar Rodrigo Terra. O ex-vereador Sidlei Alves era o único do grupo que continuava preso, ele ficou detido por 30 dias.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
UEMS realiza simpósio e comemora 10 anos de Educação a Distância
PESQUISA
Relatório inédito prova que ondas de celulares causam câncer em ratos
UFGD
Jornada Acadêmica de Medicina começa na próxima sexta-feira
CORUMBÁ
Bolivianos são presos transportando 55 quilos de cocaína em ônibus
BANDEIRANTES
Colisão entre pick-up e carreta mata jovem de 21 na BR-163
JUSTIÇA
Condomínio e municípiovão indenizar pedestre que caiu em buraco
EMPREGO
Comarca de Naviraí abre seleção de estagiários de Direito
PARALIMPÍADAS ESCOLARES
MS participa do maior evento paradesportivo Escolar do Mundo
POLÍTICA
Projeto que flexibiliza Lei da Ficha Limpa é arquivado do Senado
PARAGUAI
Sobrinho de prefeito foi executado por terroristas com 11 tiros

Mais Lidas

DOURADOS
Antes de ser assassinado, homem passou por ‘tribunal do crime’
BORORÓ
Adolescente morre ao tocar em cerca elétrica em Dourados
DOIS MESES DEPOIS
Acusados de matar rapaz em Dourados serão apresentados hoje
MARCELO PILOTO
Traficante brasileiro é expulso do Paraguai após matar mulher em cela