Menu
Busca sábado, 19 de outubro de 2019
(67) 9860-3221
POLÍTICA

Após repercussão, Idenor diz que fala sobre remuneração era para sugerir fortalecimento político em Dourados

09 outubro 2019 - 12h35Por Vinicios Araújo

O vereador Idenor Machado (PSDB) disse nesta manhã (9/10) que a intenção em falar da remuneração dos parlamentares douradenses ontem (8), durante retomada à Câmara após 10 meses afastado pela Justiça, tinha como propósito sugerir o fortalecimento político em Dourados, para que, segundo ele, a cidade deixe de estar em “segundo plano” nas ações de investimento público, em detrimento à Capital.

Idenor criticou o fato dos vereadores douradenses receberem o proporcional de 50% dos salários dos deputados estaduais, garantindo remuneração mensal de R$ 12.661,27, em detrimento ao legislativo da Capital, que paga 75% (R$ 18.991,91) ao parlamento municipal.  

Em visita ao Dourados News, o tucano disse que a intenção era destacar a necessidade que a segunda maior cidade do Estado tem em valorizar e fortalecer a classe política. Para ele, é preciso unir forças com a finalidade de beneficiar os serviços oferecidos à população. 

“Quando citei o exemplo, não era pra reclamar do salário. O que eu quis dizer é que Dourados tem que se fortalecer. Porque a Câmara de Dourados tem que ser inferior a de Campo Grande. Coincidentemente se colocou a questão do salário, por conta dos 50%. Campo Grande é 75%. A Capital aplica e vale, Dourados não pode aplicar porque os nossos órgãos fiscalizadores externos não deixam fazer. Por que somos inferiores? Por que a saúde de Dourados tem que ter tratamento diferenciado? Por que a malha asfáltica tem que ter tratamento diferenciado? Por que não resolve o problema dos túneis, dos viadutos? Então, é isso que eu quis dizer. Não é reclamando de salário. Até porque essa questão passa pela mesa diretora e desde que deixei o cargo não dei um palpite na gestão da vereadora Daniela [biênio 2017/2018] e não vou dar agora [o atual presidente da Casa é Alan Guedes, do DEM]”, afirmou.

O parlamentar ainda completou que em Dourados “tudo é mais difícil, tudo para nós é depois”. 

A ‘fraqueza política’ apontada por Idenor é justificada pela dificuldade de garantir soluções aos serviços e empreendimentos em Dourados. “Os agentes políticos de Dourados têm que se unir, têm que ser fortalecido, têm que ter vez”, disse.

Para Idenor, a volta para a Câmara é uma oportunidade de valorizar os votos recebidos no pleito em 2016. Durante discurso ontem ele disse estar voltando “sem rancor nenhum”. Sobre isso, ele diz que a expressão rancor utilizada, tem a ver com um retorno combativo, assim como ocorreu com Cirilo Ramão (MDB) nas duas vezes que esteve restituído ao cargo.

“Nas ideias pode ser divergente, mas no produto final [a defesa do direito da população] não”, disse. Questionado sobre as falas polêmicas do colega emebedista, Idenor avalia como “desgaste desnecessário”. 

“Falei de rancor justamente de não ter polêmica em querer pegar o passado e arrumar um culpado. Foi onde o Cirilo tentou arrumar. Eu não quero discutir, quero tentar esquecer esse passado. Quero contribuir com a Justiça no que for possível”, afirmou. 

Sobre o imbróglio da Justiça, quanto a falta de esclarecimento sobre a proximidade dos parlamentares investigados [Idenor, Cirilo e Pedro Pepa (DEM)], o tucano diz acreditar que até segunda-feira (14) terá uma resposta que traga luz a essa questão. 

A falta desse esclarecimento, inclusive, impediu que Cirilo e Pepa participassem da última sessão. Mesmo após convocado, o democrata demorou 72h para ir até a Casa de Leis temendo uma possível interpretação da Justiça que provocasse mais uma vez o afastamento. 

Segundo Idenor, a ausência não justificada nas sessões impede que o parlamentar receba os provimentos pelo trabalho legislativo. “O pagamento é referente a sessão participada. Cirilo e o Pepa mesmo não vão receber essas que não estiveram”, explicou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FUTEBOL
Pia Sundhage convoca Seleção Feminina para Torneio na China na quinta
DIA DE FINADOS
Inscrições para ambulantes começam na próxima semana
BRASIL
Agências da Caixa abrem neste sábado para saque do FGTS
DOURADOS
Homem é assaltado por travesti após parar carro no Centro
FUTEBOL
Dois jogos abrem a 27ª rodada do Brasileirão neste sábado
CAPEY
Homem foge e abandona carro com quase meia tonelada de maconha
DOURADOS
Mãe de criança morta após parto segue internada sob escolta
LOTERIA
Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 3 milhões
CINEMA GRATUITO
"Saneamento básico, o filme" será apresentado pelo hoje no Cineclube
DOURADOS
Dia D de vacinação contra sarampo acontece neste sábado

Mais Lidas

DOURADOS
Motorista bêbado tomba veículo na Joaquim Teixeira Alves
DOURADOS
Além de droga, pente-fino na PED encontrou cachaça, roteador de internet e ‘sky gato’
DOURADOS
Alvo de furtos e abusos no trânsito, avenida passa a ser monitorada por câmeras
DOURADOS
Prefeitura abre licitação para vender folha de pagamento do funcionalismo