Menu
Busca quinta, 06 de agosto de 2020
(67) 99659-5905

Antônio Maran é o novo presidente do Sindicato Rural de Caarapó

03 dezembro 2012 - 11h32

O produtor rural, Antônio Umberto Maran, candidato a presidente do Sindicato Rural de Caarapó, pela Chapa 1, que teve como lema “Trabalho e União”, foi eleito o novo presidente da instituição, para o exercício do triênio 2013/2015. A votação aconteceu no último sábado, dia 1º de dezembro, durante todo o dia – do total de 299 eleitores aptos a votarem, 253 compareceram às urnas.

De acordo com informações da assessoria do sindicato, o resultado final da eleição que aconteceu na sede da instituição, foi o seguinte; A “Chapa 1” encabeçada por Antônio Umberto Maran teve um total de 151 votos. A “Chapa 2”, que tinha como candidato a presidente o advogado e produtor rural, José Elnício, obteve 99 votos, enquanto que três votos foram nulos.

A apuração foi feita por uma mesa apuradora composta por integrantes da Federação da Agricultura e Pecuária de mato Grosso do Sul (Famasul), tendo como presidente, Dra. Marilda Rodrigues dos Santos, os mesários Gilceu Luis Richetti e Alberto Felício Marques, além do suplente Alessandro Wagner Martins.

Quem fez questão de acompanhar o enceramento da votação e o resultado da apuração foi o gerente da agência do Banco do Brasil de Caarapó, Márcio de Oliveira Henrique. “O Sindicato Rural é uma entidade de grande expressão para o município, e como nós estamos ligados diretamente a classe produtora, independentes de serem da chapa 1 ou 2, viemos aqui prestigiar esse momento de cidadania pelo qual passa a entidade. Esperamos estreitar nossa amizade ainda mais com o novo presidente e toda sua diretoria, no sentido de colocar a disposição a nossa instituição financeira não somente par a um grupo de pessoas, mas para toda a classe produtora. Só nos resta parabenizar a chapa vencedora e torcer que eles possam continuar com a mesma ideologia de fazer com que o sindicato a cada dia seja mais forte e atuante”, observou.

O atual presidente Jesus Camacho falou de sua alegria de ter conduzido até aqui a instituição. “Deus tem sido muito bom para comigo, por isso me senti na obrigação de retribuir um pouco com o município que me deu oportunidade de crescer e prosperar. Por isso fiz questão de me esforçar o máximo durante a minha gestão, no sentido não de querer ser mais do que ninguém, mas acima de tudo para deixar o meu legado como forma de retribuição por tudo que tenho alcançado”, explicou.

“Durante a campanha fiz questão de ficar neutro, pois os dois candidatos que encabeçaram as chapas são meus amigos de longas datas e que muito contribuíram positivamente nos meus mandatos. Quero desejar muita sorte a nova diretoria e dizer algo muito importante como amigo deles que sou. A eleição foi ontem, a gora não existe mais concorrência e sim uma classe em jogo. Por isso as pessoas que saíram vencedoras nessa eleição tem que ter sabedoria nesse momento para não se afastarem da chapa que não conseguiu se eleger e trabalharem unidos. A partir de agora não existe vencido ou vencedores, mas sim uma entidade que tem um nome a zelar e que tem a obrigação de trabalhar não visando interesses de um ou de outro, mas sim de toda uma classe produtora, quer seja eles grandes ou pequenos. Nosso muito obrigado a todos que acreditaram em nosso projeto e que hoje numa forma democrática, não mediram esforços para vierem escolher o seu futuro presidente”, finalizou o presidente atual do Sindicato Rural, Jesus Camacho.

Já o candidato eleito Antônio Umberto Maran, bastante emocionado fez questão de agradecer a todos os associados que marcaram presença no Sindicato Rural, para escolher o sucessor de Jesus Camacho. “Meu muito obrigado aos amigos que confiaram acima de tudo, em nosso projeto de trabalho. Desde que aceitei o convite para ser candidato sabia que não era fácil a responsabilidade e que agora só veio a aumentar. Mas toda a equipe da chapa eleita tem consciência do significa isso, e que com certeza vamos fazer de tudo, para que o Sindicato Rural de Caarapó continue sendo respeitado do jeito que é em nosso município. As nossas propostas de trabalho divulgadas em nossa campanha de trabalho, serão levadas a sério no sentido de não decepcionar a nossa classe produtora, em especial aquelas pessoas que confiram na gente nessa eleição. Queremos deixar bem claro que agora não existe chapa 1 ou chapa 2, mas sim, uma bandeira, o Sindicato Rural de Caarapó”, comentou.

A Chapa 1 “Trabalho e União”, eleita sábado tem a seguinte composição: Diretoria efetiva: Antônio Umberto Maran (presidente); Carlos Eduardo marques, o Cacá (vice-presidente); Osvaldo Lupinetti (1° secretário); Dionei Guedim (2º secretário); Edio Kilian (1° tesoureiro); e Antônio Nivaldo Furlan (2º tesoureiro). Já os suplentes são: Olavo Trindade Caneppele; Rivelino Rodrigues de Souza; Mário Duran Leitão; Ivan Antônio Franzen Zanin; José Morassuti; Martim Flores de Araújo.

O conselho fiscal (efetivo) ficou composto da seguinte forma; Osvaldi Rodrigues de Souza, Devocir Antônio Lara, Oliveira Leandro do Carmo. Enquanto que os suplentes são João Aurélio Damião, Geraldo Binga de Carvalho e Cezar Franco Neto.

Já os delegados representantes (efetivos) são Antônio Umberto Maran e Carlos Eduardo Marques, o Cacá. Já os suplentes são Rivelino Rodrigues de Souza e Ivan Antônio Franzen Zanin.

A posse da nova diretoria será no próximo dia 14, a partir das 19h30, no Parque de Exposições.

Mais informações sobre o Sindicato Rural de Caarapó ou a eleição procurarem o prédio da instituição que fica Avenida Presidente Vargas – 575.


Deixe seu Comentário

Leia Também

CORONAVÍRUS
Delegado de Angélica com Covid-19 é transferido de avião para São Paulo
FUTEBOL
Árbitra sul-mato-grossense é promovida para o quadro da CBF
CRIME AMBIENTAL
PMA usa satélite, descobre desmatamento ilegal e autua infrator
DECISÃO
STF determina medidas para proteger indígenas de vírus e invasões
SAÚDE
Trabalhadores rurais de MS recebem doação de 155 mil máscaras
PRECAUÇÃO
Com caso de Covid-19, Detran-MS suspende atendimento em Itaquiraí
CORONAVÍRUS
Cônsul da Venezuela no Brasil morre em Roraima vítima da Covid-19
LOTERIA
Confira as dezenas sorteadas da Mega-Sena, prêmio é de R$ 3 milhões
MUNDO NOVO
Homem é preso suspeito de executar empresário e jovem com tiro na boca
AQUIDAUANA
Empresa de saneamento é condenada por ocasionar danos a residência

Mais Lidas

DOURADOS
Peladão: Homem é detido após armar confusão em motel e quebrar vários quartos
POLÍCIA
Duas mulheres são presas por estelionato em Dourados
TRAGÉDIA
Mulher que morreu em acidente na BR-463 em Ponta Porã tinha 27 anos
TRAGÉDIA
Uma pessoa morre em acidente grave na rodovia BR-463