Menu
Busca quarta, 17 de outubro de 2018
(67) 9860-3221

PMA apresenta balanço das operações na piracema

16 dezembro 2003 - 11h55

A PMA (Polícia Militar Ambiental) divulgou hoje um balanço parcial das operações desenvolvidas durante o período de defeso, a proibição da pesca na época da piracema. Entre 4 de novembro e 15 de dezembro, foram apreendidos 558,6 quilos de pescado irregular, representando a mesma média dos anos anteriores. Durante todo o período de defeso na temporada 2002/2003, que foi de quatro meses, foram retidos 2.385 quilos de peixes. Desta vez, a restrição terá 30 dias a menos, demonstrando que a média de apreensões tem sido praticamente a mesma. Pelos dados da PMA, já foram apreendidos 35 anzóis, quatro barcos, seis molinetes, 37 redes de arrasto, dez tarrafas e dois veículos, entre outros petrechos de pesca. O comando da corporação observa que a estratégia de fiscalização vem dando certo e “os recursos pesqueiros do Estado estão sendo bem conservados”. Os trabalhos estão sendo intensificados em áreas consideradas críticas, como cachoeiras e corredeiras dos rios. Foram montados nesta temporada 12 postos avançados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Natália Casassola posa seminua em sessão de fotos sensuais
CORUMBÁ
Rapaz defende mulher em briga de casal e acaba assassinado;
ESPORTES
MS garante vaga na série A do Brasileiro de Futebol para Amputados
SAÚDE
Desafios na prescrição de agrotóxicos é tema de palestra em Dourados
UEMS
Núcleo de Línguas abre inscrições para provas de proficiência
SOLIDARIEDADE
Amambai se une na busca por idoso de 86 anos desaparecido
PROSEGUR
Oito brasileiros são condenados por mega-assalto no Paraguai
TRÁFICO
Jovens são flagrados com droga que seria entregue no Guarujá
ELEIÇÕES 2018
Denúncias de fraude em urnas serão registradas on-line
FUTEBOL
STJD nega recurso e Sassá está fora da final da Copa do Brasil

Mais Lidas

DOIS DIAS DEPOIS
Servidora pública é encontrada nos fundos de residência que estava para alugar
DOURADOS
Cinco anos após crime, acusados pela morte de vendedor douradense vão a júri popular
DOURADOS
Familiares continuam na busca por mulher desaparecida e criticam falsos alertas
FLAGRANTE
Polícia fecha “distribuidora” de drogas em Dourados