Menu
Busca sexta, 19 de outubro de 2018
(67) 9860-3221

PM do Estado enfrenta falta de algemas, coletes e armas

17 dezembro 2003 - 15h01

Além de denunciar a falta de efetivo, o presidente da ACSPMCB/MS (Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul), José Florêncio de Melo Irmão, disse hoje que Polícia Militar do Estado também enfrenta insuficiência de algemas, coletes e armas. Conforme ele, a Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública não tem conseguido equipar a corporação de forma a garantir a segurança da população. Melo Irmão revela que o problema é mais visível na Companhia de Guarda Escolta de Campo Grande, onde há falta de algemas para os presos que são levados para prestar depoimentos. Hoje, o cabo PM José Carlos do Nascimento, que comandou a equipe de escolta no dia que o traficante Romilton Queiroz Hosi fugiu do Fórum de Campo Grande, revelou ao juiz Alexandre Antônio que a Guarda Escolta da Polícia Militar não tem algemas e nem veículos suficientes para fazer o translado de presos dos presídios e delegacias ao Fórum. Conforme Nascimento, essa seria a explicação para o fato de Hosi não estar algemado no dia da fuga ocorrida em 18 de novembro deste ano de dentro do Fórum. Além disso, ele revelou ainda que nesse dia foram 32 audiências e a Companhia de Guarda Escolta tinha cinco algemas para os conduzir todos os presos.O ex-comandante da Companhia de Guarda Escolta, o coronel PM Carlos Alberto Paes, também confirmou a falta de equipamento de segurança para o transporte de presos. Ele disse que sempre enviou ofício para a Secretaria de Justiça e Segurança Pública requerendo novos equipamentos, mas a resposta era que precisava fazer licitação e isso era demorado. “Algema é essencial, os presos danificam, amassam e devem ser repostas mensalmente e sempre teve falta”, informou Paes. Já o novo comandante da Guarda Escolta, o major PM Edson Machado de Souza, não confirmou as denúncias, mas disse que não é possível fazer transporte de preso sem algemas. “Na Companhia tem equipamento suficiente para atender as necessidades”, garantiu.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SIDROLÂNDIA
Homem que matou filho com tiro acidental não tinha registro da arma
18 ANOS
Moisés Rossi leva o prêmio do sorteio da 1ª Peixada Dourados News
LEGISLATIVO
Sessões da Câmara de Dourados voltam a ser realizadas às segundas a noite
GUARULHOS
Dois são presos em aeroporto com 43 quilos de cocaína
TRÂNSITO
Setembro de 2018 teve menos acidentes, mas mortes se mantêm iguais às do ano passado
18 ANOS
1ª Peixada Dourados News acontece amanhã com almoço, homenagens e shows
ELEIÇÕES 2018
PDT de Odilon prepara ação para anular eleições após denúncias contra Bolsonaro
CAPITAL
Bandidos furtam loja de ex-primeira dama e deixam prejuízo de R$ 10 mil
OPORTUNIDADE
Termina hoje prazo para solicitar isenção da taxa de inscrição do Exame de Seleção do IFMS
ELEIÇÕES 2018
Bolsonaro e Haddad têm propostas antagônicas para direitos humanos

Mais Lidas

MARACAJU
Empresário douradense e filho morrem em acidente na BR-267
DOURADOS
Afogamento de africano ocorreu após apostar garrafa de cachaça com colega
DOURADOS
Mulher é condenada a 12 anos de prisão pela morte do ex-marido
DOURADOS
Corpo de homem que morreu afogado em lago é encontrado