Menu
Busca Quarta, 24 de Janeiro de 2018
(67) 9860-3221
Escola Sesc - Janeiro 2018
POLÍCIA

PM alerta a população quanto a golpes diversos em Dourados

PM alerta a população quanto a golpes diversos em Dourados

12 Janeiro 2018 - 17h35Por Da redação

Criminosos tem aplicado vários golpes em populares de Dourados e região e diante disso, a Polícia Militar faz um alerta quanto a situação. As “desculpas” para as vítimas envolvem supostas vendas de panelas, vendas de carros e até oferta de serviço de vigia. 

No primeiro caso, falsos vendedores de panelas oferecem porta a porta os itens e solicitam o pagamento sempre em cartão de crédito. 

Com o oferecimento de vantagens como parcelamento em várias vezes no cartão, os criminosos enganam as pessoas ao utilizarem uma máquina que clona os dados e a senha do usuário assim que passam esse cartão.

Outro golpe que já fez algumas vítimas em Dourados é o da falsa venda de veículo. Os bandidos escolhem uma oferta de veículo na internet, através das redes sociais ou mesmo de sites especializados em compra e venda de veículos e vão até a casa ou garagem do vendedor.

Demonstram interesse pelo veículo e solicita levar o mesmo até uma outra garagem para a vistoria. Sem o dono saber eles ligam nessa garagem que irá fazer a vistoria e vende o veículo por um preço abaixo do preço de mercado, solicitando que seja feito o deposito em uma conta do criminoso. 

O dono do veículo, acaba deixando nesse local para receber do comprador. Depois disso, não consegue receber e o garagista que comprar acaba com o prejuízo da compra.

No caso do golpe do vigia, os falsos “vigilantes” vão até os populares em suas residências e oferecem o serviço de vigilância de rua, com valor de R$ 30 ou R$ 50 por mês. 

Por ser um valor pequeno, os moradores acabam aderindo a oferta, entretanto essas pessoas não têm nenhum curso ou autorização para realização esse tipo de trabalho, podendo ainda estar a serviço de criminosos para levantar a rotina de cada casa e de cada família.

Algumas empresas em Dourados prestam esse serviço de forma legal e tem o cadastro na Polícia Federal, que é órgão responsável pela fiscalização neste segmento.

A PM destaca que as pessoas que sofram esses ou outros tipos de golpe devem denunciar os crimes para que as investigações sejam encaminhadas. 

As denúncias dessas práticas podem ser feitas através do telefone de emergência 190 ou ainda através do telefone 3902-2575 (segunda a sexta das 07h às 13h).

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

SEU BOLSO
Saque do PIS/Pasep para idosos sem conta bancária começa hoje
TRÁFICO
Polícia aprende no Paraná 7 toneladas de maconha que saíram de MS
TEMPO
Quarta-feira de sol com aumento de nebulosidade em Dourados
DEU CALOR!
Gracyane Barbosa exibe barriga sarada e corpão durante foto no deserto
ATENÇÃO
Prazo para microempreendedor regularizar situação é prorrogado até sexta-feira
Prazo para microempreendedor regularizar situação é prorrogado até sexta-feira
VEM NOVIDADES!
WhatsApp altera forma de exibir notificações no Android 8
BRASIL
Intervenção militar seria enorme retrocesso, diz comandante do Exército
Intervenção militar seria enorme retrocesso, diz comandante do Exército
SEGURANÇA
Agepen discute em Brasília integração entre sistemas de informações prisionais do país
Agepen discute em Brasília integração entre sistemas de informações prisionais do país
EMPRESÁRIOS
Começa hoje prazo para preenchimento da Rais
Começou nesta terça-feira (23) o prazo para o preenchimento da Relação Anual de Informações Sociais (Rais) de 2017. Empresários poderão enviar dados até o dia 23 de março, por meio de formulário online. De acordo com o Ministério do Trabalho, não há possibilidade de prorrogação do prazo de entrega do formulário.
ECONOMIA
Dólar fecha em alta e encosta em R$ 3,25
Dólar fecha em alta e encosta em R$ 3,25

Mais Lidas

DOURADOS
Motociclista morre em acidente na Perimetral
FEMINICÍDIO
Assassinato de mãe de seis filhos foi premeditado, acredita polícia
ESTELIONATO
Suspeito teria levado R$ 200 mil com golpes contra idosos
DOURADOS
Homem é preso no Altos do Indaiá por posse de arma de uso restrito