Menu
Busca terça, 19 de fevereiro de 2019
(67) 9860-3221

PM afasta dois oficiais por falsificação de documentos

31 julho 2006 - 12h14

O Comando-Geral da Polícia Militar afastou dois oficiais superiores de suas funções e discute o pedido de demissão do comandante da Companhia de Guarda e Escolta, major Medeiros. O oficial teria pedido afastamento em função da crise gerada pela decisão de transferência de ex-policiais militares recolhidos no Presídio Militar para celas comuns do Estabelecimento Penal de Segurança Máxima de Campo Grande.  Já o Major Carlos Alberto dos Santos e o tenente-coronel Edevaldo Iahn Mzuy, teriam sido afastados a pedido do Ministério Público Estadual, acusados de falsificação de documento de escolaridade do soldado David Martins Joaquim, para que concluísse o curso no Centro de Formação de Praças da Polícia Militar. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CHEIRO DE POLÊMICA?!
Zé Loreto é criticado por suposto caso com Marina Ruy Barbosa
DOURADOS
Promotores vão à Câmara entregar documentos de investigação contra vereadores
CORONEL SAPUCAIA
Ação conjunta prende dupla e apreende menor suspeito de roubo
DOURADOS
"Lata de sardinha": universitários sofrem com ônibus lotados para chegar até Universidades
AÇÃO DA PF
Apresentação realizada na Capital deu nome à Operação da PF
ARTIGO
A difícil arte de ser honesto
PREVENÇÃO
SES ressalta sobre cuidados para prevenir dengue
CRIME EM 10 DE FEVEREIRO
Acusados de matar jovem a facadas em Dourados se apresentam à polícia
DOURADOS
Clínica Veterinária Unigran é a única que atende animais silvestres na região da Grande Dourados
GERAL
PF prende presidente da CNI, Robson Andrade

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Motociclista atropela, mata criança de 1 ano em Dourados e foge do local
DOURADOS
Motorista tenta desviar de outro veículo e bate carro em árvore
NOVA ANDRADINA
Mãe de 16 anos mata filha de apenas 21 dias
DOURADOS
Um ano após pedido de demissão, ex-secretário de Délia retorna à prefeitura