Menu
Busca quinta, 13 de dezembro de 2018
(67) 9860-3221

PM afasta dois oficiais por falsificação de documentos

31 julho 2006 - 12h14

O Comando-Geral da Polícia Militar afastou dois oficiais superiores de suas funções e discute o pedido de demissão do comandante da Companhia de Guarda e Escolta, major Medeiros. O oficial teria pedido afastamento em função da crise gerada pela decisão de transferência de ex-policiais militares recolhidos no Presídio Militar para celas comuns do Estabelecimento Penal de Segurança Máxima de Campo Grande.  Já o Major Carlos Alberto dos Santos e o tenente-coronel Edevaldo Iahn Mzuy, teriam sido afastados a pedido do Ministério Público Estadual, acusados de falsificação de documento de escolaridade do soldado David Martins Joaquim, para que concluísse o curso no Centro de Formação de Praças da Polícia Militar. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

SUMIÇO
Jovem de Rio Brilhante está desaparecida desde segunda-feira
SHOWBIZZ
Ana Hickmann é perseguida e entra em pânico: “Estou apavorada”
TAURUS
Eu apoio o projeto Natal para Todos - Dourados Brilha
BOAS FESTAS
Operação apreende drogas, equipamentos de informática e investiga caso suspeito de pedofilia
UFGD
Mestrado Profissional em Administração abre seleção para professores
BRASIL
PF deflagra operação para investigar fraude no Ministério do Trabalho
LOTERIA
Mega-Sena acumula mais uma vez e prêmio vai a R$ 42 milhões
BOAS FESTAS
Ação conjunta mira traficantes em Dourados
SAÚDE
Bolsonaro passa por avaliação médica nesta quinta em São Paulo
PROTESTO
Agentes penitenciários fazem ato por mais segurança na PED

Mais Lidas

DOURADOS
Idoso é preso por abusar de criança durante três anos: “ela fazia porque gostava”
REGIÃO
Rapaz é encontrado enforcado às margens da MS-156
DOURADOS
Jovem que matou namorada e filha é indiciado por duplo feminicídio
PANTANAL
Homem rodeado por jacarés é resgatado de riacho em MS