Menu
Busca sexta, 24 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221

Petrobras nega irregularidades em contratos do gás

05 agosto 2006 - 10h19

Por meio de nota distribuída Poe sua assessoria de imprensa, a Petrobras classificou como “infundadas” as denúncias de irregularidades feitas contra dois de seus ex-executivos feitas por Gabriel Camacho, diretor de YPFB (estatal boliviana do gás). As acusações são de "assinatura de contratos lesivos ao Estado boliviano, conduta antieconômica, fraude e abuso de confiança com agravante e falsificação de documento privado, ao ter fixado preços para a venda de gás ao Brasil muito diferentes ao contrato" fixado pela Bolívia. Os denunciados são ex-diretor de Gás e Energia e o ex-diretor-gerente da Petrobras na Bolívia, os brasileiros Antonio Luiz Silva de Menezes e Luis Rodolfo Landim Machado. Na nota, a Petrobras diz ainda que “tanto no Brasil quanto no exterior suas atividades são exercidas dentro das normas legais vigentes em cada país onde atua, de acordo com sua política de transparência e de responsabilidade social”. As informações são do site de notícias Campo Grande News.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
Homem tem carro roubado após mais de 6h em cativeiro sob agressões e ameaças
ESTADO
Refis estadual prevê até 95% de desconto sobre juros e multas
ECONOMIA
Após duas semanas ‘congelado’, preço médio da gasolina sobe em Dourados
STF
Associação industrial questiona competência de auditores da Receita para reconhecer vínculo trabalhista
DOURADOS
Preso que pagou fiança de R$ 80 mil apresentou documento falso, diz PF
STJ
Oi tem negado pedido de bloqueio de levantamento de valores que prejudicariam recuperação judicial
POLÍCIA
Bandidos armam emboscada para roubar moto em Dourados
TRABALHO
Dourados tem mais de 50 vagas na Casa do Trabalhador
NEGÓCIOS & CIA
Aproveite o preço promocional e adquira o seu Certificado Digital
ECONOMIA
Confiança do Consumidor recua 1,2 ponto em janeiro

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Pai e filha moradores de Dourados morrem em acidente no Paraná
VILA ROSA
Homem morre após ser atingido por facada no pescoço em bairro de Dourados
TRÁFICO
‘Espaço de lazer’ em Dourados era usado para guardar drogas e abrigar fugitivos
DOURADOS
Assassinato na Vila Rosa aconteceu por ciúmes durante manutenção em porta