Menu
Busca sábado, 23 de março de 2019
(67) 9860-3221

Período de convocações na Câmara vai até dia 29

17 dezembro 2003 - 10h41

O período de tolerância para a realização de sessões extraordinárias na Câmara de Dourados começa a contar a partir de hoje e vai até o dia 29 deste mês, antevéspera das comemorações do Ano Novo. O vereador José Carlos Cimatti, do PFL, presidente da Câmara, disse ao Dourados News que ao receber a solicitação do prefeito Laerte Tetila, do PT, para a votação extra de mensagens de interesse do Poder Executivo, já alertou aos demais vereadores que todos devem ficar à disposição até o dia 29. "Inicialmente, convocamos quatro sessões, no período de 17 a 22", informou ele ontem à tarde. Como a sessão de hoje já não aconteceu, em função de não haver prazo legal para a publicação da convocação, esses prazos devem ser automaticamente dilatados até o final do ano. No final do ano passado, ao apagar das luzes de 2002, a Câmara de Dourados aprovou a implantação da Cosip e na virada do ano anterior já havia aprovado as modificações na cobrança do ISS, instituindo o sistema de taxação mensal aos profissionais liberais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CICLISMO
Desafio das Araras de Mountain Bike abre inscrições para 2ª etapa
TRÊS LAGOAS
Homens tentam dar calote de R$ 4,5 mil em boate e acabam na delegacia
VIOLÊNCIA
Líder rural é assassinada a facadas em assentamento no sudeste do Pará
DOURADOS
Homem é assaltado por trio quando trafegava próximo ao shopping
SELEÇÃO
Brasil enfrenta hoje o Panamá no primeiro amistoso da temporada
CRIME AMBIENTAL
Fazendeiros são autuados em R$ 19,5 mil por quatro desmatamentos
DESACOMPANHADOS
Nova lei exige autorização judicial para menores de 16 anos viajarem
CENTRO
Jovem de 22 anos perde motocicleta durante assalto em Dourados
EDUCAÇÃO
IFMS divulga local de prova e ensalamento de concurso para docentes
PONTA PORÃ
Clientes de mercado ficam na mira de 4 bandidos durante assalto

Mais Lidas

HU
Dengue hemorrágica causa morte de menino de 11 anos em Dourados
LUTO
Fundadora da ADL, Ruth Hellman morre em Dourados
DOURADOS
Protesto contra a Reforma da Previdência leva centenas ao Centro
DOURADOS
Trio que matou e roubou cabeleireiro é condenado a 62 anos de cadeia