Menu
Busca quinta, 22 de fevereiro de 2018
(67) 9860-3221

Pela 1ª vez em cinco anos poupança supera inflação

17 dezembro 2003 - 14h37

Após render menos que a variação da inflação em 2002, pela primeira vez desde o tempo da hiperinflação em 1991, as aplicações na caderneta de poupança voltarão a superar os índices de preços em 2003. Passado o período de transição do governo Fernando Henrique para o de Luis Inácio Lula da Silva, a cotação do dólar recuou e freou os reajustes de preços, estabilizando a inflação brasileira.Em 2002, em virtude da disparada de 52,27% da moeda norte-americana, o IPCA, índice oficial da inflação brasileira, registrou variação de 12,53%. Já a poupança rendeu apenas 9,14% no período. Comparando com os índices de componentes no atacado (agrícola e industrial), a distância foi ainda maior. O IGP-M, da Fundação Getúlio Vargas, teve alta de 25,3% em 2002. Em 2003, porém, encerrado o período de turbulência política, o dólar registra variação negativa de 17,3%, propiciando a estabilidade dos índices de preços. Assim, o IPCA de 2003 acumula alta de 8,74% até novembro e, segundo as previsões dos analistas, na pesquisa Focus do Banco Central, deverá encerrar o ano com variação de 9,1%. Já a poupança fecha 2003 com variação de 11,1%, superando com folga o índice de inflação. Isso significa que o dinheiro aplicado na poupança, ao menos, está rendendo acima da alta média dos preços dos produtos da economia brasileira.Apesar de a notícia aliviar o sofrimento dos poupadores, os investidores da categoria não devem ficar animados, porque esse tipo de aplicação continua sendo o que menos rende, comparado a outros com o mesmo risco. Existem alternativas com praticamente o mesmo nível de risco e rendimento acima do oferecido pela caderneta de poupança. No ano, o CDI, referência para as aplicações em fundos referenciados DI e CDB-DI, deverá atingir uma variação de cerca de 23%. Descontando-se os 20% de Imposto de Renda, para efeito de comparação com a poupança, o retorno líquido ficará em 18,4% em 2003, bem superior, portanto, ao da poupança.É muito importante comparar, sempre, a taxa de administração dos fundos e o rendimento oferecido pelos bancos no CDB-DI. Se os bancos cobram demais, querem ganhar muito em cima do seu dinheiro, a rentabilidade dos fundos e CDBs vai acabar ficando bem próxima daquela paga pela poupança. Procure fundos que cobrem até 1% de administração.Existem outras opções para os investidores: compra de imóveis com locação garantida, compra direta de títulos públicos e aplicações em previdência privada. Vamos falar de cada um desses investimentos nas respectivas seções.   

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOF
Trio é detidos com três motocicletas furtadas em Maracaju
EDUCAÇÃO
UEMS abre vagas para reingresso, transferência interna e aluno especial
ORIENTAÇÃO
Tribunal de Contas do Estado capacita vereadores em Seminário
FAZENDA
Sequestrado em balada na Capital é localizado pela PM de Rio Negro
EDUCAÇÃO
Instituto Federal divulga terceira chamada para cursos superiores
CINCO ESTADOS
Polícia descobre esconderijo de quadrilha de roubo a bancos em MS
CHUVAS
Imasul alerta para transbordamento do Rio Miranda nas próximas 24h
GRATUITO
CNH Digital já é utilizada por 1.159 condutores de MS, aponta pesquisa
TECNOLOGIA
Clientes do Banco do Brasil poderão fazer transações pelo Facebook
ECONOMIA
Dólar fecha em queda, a R$ 3,247

Mais Lidas

DESAPARECIDA
Corpo encontrado no rio Dourados é de Débora Dias
ESTRELA PORÃ
Polícia fecha “boca” que abastecia região Oeste de Dourados
RESIDENCIAL ROMA
Criança fica ferida ao cair de prédio em Dourados
DOURADOS
Mulher é baleada durante assalto na avenida Indaiá