Menu
Busca domingo, 19 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221

Paulo César Gusmão não é mais técnico do Cruzeiro

14 agosto 2006 - 11h21

O técnico Paulo César Gusmão foi demitido pelo Cruzeiro na manhã desta segunda-feira. O comandante não resistiu a mais um resultado ruim no último final de semana, a derrota para o Fluminense por 3 a 2, em pleno Mineirão. Alvimar Perrella falou com frieza sobre a saída do treinador. "Infelizmente, após a Copa do Mundo não mantivemos o nível das apresentações de antes do Mundial. E é muito mais fácil trocar um do que trocar dez, quinze, vinte jogadores. Acreditamos que nosso grupo é qualificado e que com a mudança poderá retomar o caminho das vitórias".Gusmão não demonstra qualquer tipo de mágoa. "Foi um prazer muito grande retornar ao Cruzeiro. Neste período que estive aqui, com muito trabalho, houve muito empenho, apoio dos jogadores e principalmente da torcida. Se ficou algum tipo de rancor, de mal entendido, peço desculpas", declarou.Ele confia no potencial do elenco no Campeonato Brasileiro. "Tenho certeza e convicção que o grupo vai brigar pelo titulo. O próximo que chegar vai pegar um grupo qualificado. Conseguimos lançar alguns valores que darão muitas alegrias à torcida do Cruzeiro. Tenho certeza que o grupo reverterá a atual situação".A diretoria da equipe celeste ainda não acertou com um substituto para o treinador. Um dos nomes que aparece com maior força é o de Geninho, que pediu demissão do Corinthians no último sábado. "Na verdade, não decidimos nosso treinador. Faremos uma reunião amanhã para definirmos o nome. O que posso adiantar é que a equipe será dirigida interinamente pelo Emerson Ávila na partida contra o Santos, na quinta-feira", informou o presidente Alvimar Perrella.O presidente negou interesse por Antônio Lopes, que deixou o Goiás. "A princípio, o Antônio Lopes não é um nome que esteja na nossa pauta, já teve uma passagem pelo Cruzeiro. Vamos aguardar nos próximos dois dias para definirmos. O Ney Franco também eu acho difícil, tem um projeto no Flamengo. Vamos esperar", afirmou.Gusmão caiu por conta da seqüência ruim de resultados do Cruzeiro. A equipe celeste não vence há cinco rodadas no Campeonato Brasileiro, e três dessas partidas foram realizadas em Belo Horizonte. Mesmo com a má fase, o treinador havia deixado claro, após a derrota para o Fluminense, que não pediria demissão. "Eu só saio do Cruzeiro se for demitido. Sou muito grato ao clube e à torcida, e quero ajudar a buscar a recuperação", afirmou. Fora do Cruzeiro, Gusmão também é um dos nomes ventilados para assumir o comando do Corinthians. Em péssima fase no Nacional, o time alvinegro ocupa a última colocação, com apenas 13 pontos.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIOLÊNCIA
Homem é executado com 11 tiros na Capital
POLÍCIA
Funcionária de supermercado tem celular furtado enquanto trabalhava
DEODÁPOLIS
Pecuarista é multado por degradações ambientais em áreas protegidas
PONTA PORÃ
Caminhonetes são encontradas incendiadas no lado brasileiro da Fronteira
ECONOMIA
Brasil assina acordo de cooperação agrícola com a Alemanha
DOURADOS
Concursados da PM, Bombeiros e GM se unem para cobrar convocação
FRONTEIRA
Polícia de MS alia forças ao Paraguai para captura de foragidos de presídio em Pedro Juan
DOURADOS
Casal têm celulares roubados durante caminhada no Jardim Progresso
POLÍTICA
Novo partido não usará fundo eleitoral sancionado, diz Bolsonaro
SÃO GABRIEL DO OESTE
Adolescente é morta a tiros pelo marido após discussão

Mais Lidas

CAPITAL
Veterinária deixa motel em surto e morre embaixo de caminhão
TRÁFICO
Polícia flagra esquema de venda de droga no cartão em Dourados
DOURADOS
Mulher é trancada no banheiro durante assalto no BNH 3º Plano
GUARDA
Traficante que queria ganhar R$ 12 mil vendendo drogas é presa em Dourados