Menu
Busca domingo, 15 de dezembro de 2019
(67) 9860-3221

Paraguai destrói plantação de maconha na fronteira com o MS

10 dezembro 2009 - 11h43

As autoridades paraguaias informaram sobre a destruição de 227 hectares de maconha, que equivalem a 687 toneladas da droga, ao final de uma operação realizada em regiões do norte do país, na fronteira com o Brasil.

A Secretaria Nacional Antidrogas (Senad) paraguaia detalhou, em um comunicado, que seus agentes, com ajuda de dois helicópteros das Forças Armadas, destruíram plantações ilegais em áreas de floresta do departamento de Canindeyú, vizinho ao Mato Grosso do Sul.

Afirmaram também que, dentro dessa operação, que contou com o apoio da Polícia Federal brasileira, foram confiscadas 11,7 toneladas de maconha processada e 1,070 kg de sementes da droga. Também destruíram 34 acampamentos precários dos cultivadores e a mesma quantidade de prensas utilizadas para compactar a maconha.

O organismo antidrogas lembrou que, em Canindeyú e nos departamentos (Estados) vizinhos de Amambay e Concepción, foram destruídos, somente este ano, 937 hectares de plantações da droga em operações anteriores. As áreas que incluíram os novos trabalhos de destruição, realizados durante dez dias, passaram por vistorias prévias nas quais ficaram constatadas as plantações de maconha em etapa de germinação, crescimento e colheita.

Nas regiões de densa vegetação de Canindeyú, Amambay e Concepción, todos na fronteira com o Brasil, se concentram as plantações de maconha que situam o Paraguai como um dos principais produtores dessa droga na região.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AGENDA
ALEMS fecha ano com reuniões de CPI, de frente parlamentar e fórum
84 ANOS
Exposição de fotos ‘via Satélite’ de Dourados continua até dia 31
EM CARACOL
Novo campo de futebol deve beneficiar mais de 6 mil moradores
PRIMEIRA EDIÇÃO
Corrida Eldorado Run reúne cerca de mil corredores solidários em Três Lagoas
CORUMBÁ
Refém de bandidos, idoso passa horas amarrado em árvore
LEI
Bolsonaro diz que vetará aumento de pena para injúria na internet
MEIO AMBIENTE
Pesca, plástico, aquecimento global e óleo são ameaças para tartarugas
CULTURA
Período para cadastro de projetos do FIC começa neste domingo
INTERNACIONAL
Jamaicana vence Miss Mundo, e beleza negra domina concursos
SEGUNDO CASO EM 5 DIAS
Homem morre e deixa filho de 10 meses

Mais Lidas

CAARAPÓ
Homem é assassinado a golpes de faca após discussão em bar
DOURADOS
Inteligência da PM prende dois por tráfico no bairro Estrela Tovi
GRANDE DOURADOS
Quadrilha especializada em roubo de caminhonetes é desarticulada e seis são presos
FURTO
Polícia recupera objetos e fecha ponto de receptação em Dourados