Menu
Busca terça, 21 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221

Para procuradores, Vilma Martins deve continuar na prisão

01 dezembro 2003 - 16h07

Integrantes do Ministério Público Federal encaminharam ao STJ (Superior Tribunal de Justiça) parecer no qual opinaram pela não concessão de habeas corpus à empresária Vilma Martins, acusada de ter sequestrado Pedro Braule Pinto, o Pedrinho, e Aparecida Fernanda Ribeiro da Silva, conhecida como Roberta Jamilly.A defesa da acusada, que está na Casa de Prisão Provisória em Aparecida de Goiânia (GO), encaminhou pedido de habeas corpus à Justiça. Em outubro deste ano, o ministro Gilson Dipp, do STJ, indeferiu a liminar (decisão provisória).O mérito do habeas corpus e o parecer do Ministério Público Federal serão analisados pelo ministro nos próximos dias, segundo procuradores. A análise de Dipp será encaminhada posteriormente aos demais ministros da Quinta Turma do STJ.HistóricoA prisão de Vilma Martins foi decretada em agosto deste ano pela 10ª Vara Criminal de Goiânia, que a condenou a sete anos de reclusão em regime fechado pela simulação de parto e registro falso de Pedrinho, além de mais um ano e oito meses de detenção em regime semi-aberto por subtração de incapaz.Pelo caso envolvendo Roberta Jamilly, Vilma foi condenada em outubro a quatro anos e seis meses de prisão em regime fechado, acusada de registro de filho alheio como próprio. A sentença foi proferida pela 9ª Vara Criminal.Vilma foi denunciada pelo Ministério Público por ter sequestrado o menino, em janeiro de 1986, de uma maternidade de Brasília. Roberta Jamily teria sido sequestrada em Goiânia em 1979.O habeas corpus em exame no STJ diz respeito à condenação e à decretação da prisão de Vilma relativas ao sequestro de Pedrinho.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TEMPO
Terça-feira de sol com aumento de nebulsidade em Dourados
APARECIDA DO TABOADO
Homem escapa de sequestro durante abastecimento em posto de combustíveis
POLÍTICA
MPF defende anulação dos atos de Alvim na Secretaria de Cultura
CAMPO GRANDE
Após 17 dias, gêmeas siamesas ligadas pelo tórax morrem em hospital
JUSTIÇA
Jornalista britânica conhece em MS programas de proteção à mulher
ACIDENTE
Corpo de bióloga que morreu no Peru chega a MS na próxima 4ª-feira
POLÍTICA
MP 905 é tema reunião entre Reinaldo Azambuja e procurador-geral do MPT
CAPITAL
Laudo preliminar sobre morte de veterinária confirma cocaína em quarto
LINGUAGEM IMPRÓPRIA
Em decisão juiz ataca governo e diz que País vive "Merdocracia Neoliberal"
COSTA RICA
Homem fura pulmão de adolescente e foge, mas deixa documentos cair

Mais Lidas

DOURADOS
Homem é flagrado correndo pelado na Presidente Vargas
PARAGUAI EM ALERTA
Membros do PCC fogem de prisão em Pedro Juan; ao todo já são considerado 75 foragidos
BELLA VISTA DO NORTE
Ex-prefeito de cidade paraguaia vizinha a MS é executado a tiros
POLÍCIA
Mulheres são presas com malas ‘recheadas’ de maconha no Jardim Santo André