Menu
Busca quinta, 20 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Papa e Bono estão entre os indicados ao Nobel da Paz

17 fevereiro 2005 - 18h08

O papa João Paulo II e o cantor Bono Vox estão entre os 166 indicados ao Prêmio Nobel da Paz 2005. Entre os favoritos para o prêmio estão os grupos humanitários que ajudam vítimas da tsunami no Oceano Índico. "Recebemos 166 indicações até agora, 29 das quais para organizações", disse o diretor do Instituto Norueguês do Nobel, Geir Lundestad. "O espectro geográfico é grande." Como de costume, Lundestad não forneceu os nomes dos candidatos ao prêmio, que no ano passado foi concedido à queniana Wangari Maathai, que dirige um movimento que promove o plantio de árvores e foi a primeira ambientalista a receber o Nobel. Alguns nomes foram divulgados reservadamente pelas pessoas que os indicaram. Um deles é o do ex-secretário de Estado norte-americano Colin Powell. Mas muitos observadores do Nobel acreditam que o prêmio de 2005 será dado a um indivíduo ou organização envolvidos com o esforço de ajuda às vítimas da devastadora tsunami de 26 de dezembro, como as organizações Oxfam ou Save the Children. Entre outros grupos de assistência, o Comitê Internacional da Cruz Vermelha já recebeu o prêmio em três ocasiões (1963, 1944 e 1917). Mais recentemente, em 1999, o Nobel da Paz foi dado à organização Médicos Sem Fronteiras. O prazo final para a indicação de nomes aos prêmios foi em 1º de fevereiro. Entre os que podem fazer indicações estão parlamentares, ex-laureados com o Nobel e alguns professores universitários. O prêmio tem seu nome em memória do sueco Alfred Nobel, inventor da dinamite. Roqueiro ou citarista?O ganhador do prêmio de 10 milhões de coroas suecas (US$ 1,43 milhão) será anunciado em outubro. O prêmio será entregue em 10 de dezembro. No ano passado, o comitê do Nobel ampliou a interpretação que faz da paz, ao escolher uma ambientalista. Outra escolha pouco ortodoxa seria a de um músico - como Bono, vocalista do grupo pop irlandês U2, ou o indiano Ravi Shankar, mestre da cítara. Uma organização citada na lista e que atua em uma área mais tradicional é a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA, na sigla em inglês), que faz o combate às armas nucleares. Vale lembrar que 2005 marca o 60º aniversário do bombardeio atômico de Hiroshima e Nagasaki. O papa, que já foi nomeado várias vezes, é um candidato visto como tendo poucas chances de ganhar. Acredita-se que o comitê de cinco integrantes que escolhe os premiados faz objeção a seus ensinamentos morais conservadores, que incluem a oposição à contracepção. Outros indicados são o presidente da Ucrânia, Viktor Yushchenko, por sua participação na chamada Revolução Laranja de seu país, o ex-presidente tcheco Vaclav Havel e o grupo "Mulheres pelo Prêmio Nobel da Paz 2005", que quer que o prêmio seja dividido entre 1 mil mulheres em todo o mundo. O número de indicações ainda pode aumentar, já que algumas podem chegar com atraso, mesmo tendo sido postas no correio até 1º de fevereiro. Além disso, na primeira reunião que fazem depois do prazo, os integrantes do comitê têm o direito de fazer indicações próprias. No ano passado, o número de indicações foi recorde: 194.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Bombeiro usou técnica de rapel para resgatar mulher em torre
BALANÇO
Em 40 dias, apreensões de agrotóxicos superam quase 200% do acumulado em 2019
DOURADOS
Após negociação, mulher é resgatada de torre no Guaicurus
COTAÇÃO
Dólar fecha em alta e renova patamar recorde
BRASIL
Greve não impacta preço dos combustíveis, diz Petrobras
TECNOLOGIA
Empresários de MS receberão R$ 2 mi para incentivar produtos e serviços inovadores
DOURADOS
Mulher ameaça se jogar de torre no Jardim Guaicurus
DEFINIÇÃO
Nomeados novos membros do Comitê Estadual para Refugiados, Migrantes e Apátridas de MS
KIT RONI
Em apreensão, policiais encontram “kit” que transforma pistola em submetralhadora
DEFRON
Mais de 15t de drogas são incineradas no Distrito Industrial em Dourados

Mais Lidas

APÓS 9 ANOS
Hipermercado fecha as portas em Dourados no final do mês
DOURADOS
Policial aposentado mata homem e diz ter sido ameaçado com faca
VIOLÊNCIA
Homem é assassinado em frente a padaria em Dourados
DOURADOS
Júri termina com réu condenado a 15 anos por matar desafeto em 2018