Menu
Busca quarta, 19 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Ortopedistas deixam de atender pacientes de 12 convênios

16 dezembro 2003 - 17h37

Os 93 médicos ortopedistas de Campo Grande suspenderam o atendimento a pacientes de 12 convênios da Capital. O advogado da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT) em Campo Grande, André Borges, informou que os médicos ortopedistas negociam desde janeiro deste ano um reajuste nos valores das consultas, que atualmente é de R$ 25. De acordo com o advogado a SBOT negocia com os convênios um reajuste, que não acontece há cinco anos, de 100%. As consultas passariam a custar R$ 50. O advogado informou que a suspensão do atendimento foi notificada aos convênios com antecedência de 60 dias.A suspensão faz parte de um movimento nacional da categoria, e é cumprida desde o último dia 8. O valor das consultas não serão reajustados no caso de pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde) e da Unimed. Mas, de acordo com Borges, este último será procurado pela SBOT para que a proposta de reajuste seja cumprida. Nesta terça-feira, às 20h acontece uma reunião com a presença de representantes do Conselho Regional de Medicina, da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, da Associação Médica, do Sindicato dos Médicos e de representantes dos convênios da Capital. A reunião será realizada na sede da Associação Médica. Os médicos ortopedistas continuam a atender 13 convênios de Campo Grande que aceitaram reajustar o valor das consultas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Câmara dos Deputados aprova MP do Agro; texto segue para Senado
UEMS
Inscrições abertas para Exame de Proficiência em Línguas Estrangeiras
ECONOMIA
BC anuncia amanhã marca para pagamento instantâneo no Brasil
PARANÁ
Desembargadora suspende demissões que motivaram greve na Petrobras
UFGD
Revista Videre realiza a primeira chamada de artigos do ano de 2020
BATAYPORÃ
Corpo de homem é encontrado por funcionários durante colheita de soja
SAÚDE
Governo Entrega Estação De Tratamento De Água Em Sete Quedas
INVESTIGAÇÃO
CNJ manda tribunal apurar ida do juiz Bretas a atos com Bolsonaro
NOVA ANDRADINA
Mulher é presa após furtar produtos do interior de supermercado
POLÍTICA
Senadores e deputados reagem à ofensa de Bolsonaro a repórter da Folha

Mais Lidas

APÓS 9 ANOS
Hipermercado fecha as portas em Dourados no final do mês
DOURADOS
Policial aposentado mata homem e diz ter sido ameaçado com faca
VIOLÊNCIA
Homem é assassinado em frente a padaria em Dourados
FRONTEIRA
Festa termina com aniversariante e convidado assassinados por pistoleiros