Menu
Busca quinta, 24 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
DOURADOS

Ônibus Lilás presta atendimento às mulheres na Aldeia Bororó

Ônibus Lilás presta atendimento às mulheres na Aldeia Bororó

29 setembro 2017 - 14h05Por Assessoria

A comunidade da Aldeia Bororó, na Reserva Indígena de Dourados, recebeu na manhã desta sexta-feira (29), na escola municipal Agustinho, uma ação com foco no combate à violência doméstica. O Ônibus Lilás, projeto que visa levar atendimento aos locais mais distantes, cumpriu o papel de desenvolver ações de Justiça às mulheres das aldeias.
 
Sônia Maria Rodrigues, da Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres, destacou que é possível com este projeto “levar o acesso à Justiça” a Reserva Indígena e dar às vítimas de violência doméstica que possuem dificuldades com a distância das instituições, apoio nestes casos.
 
Tal situação, também foi destacada pela delegada Paula Ribeiro. Ela enfatizou que muitos casos de violência doméstica não são denunciados, o que preocupa as instituições públicas. “Nós sabemos que o índice de violência doméstica é muito mais alto do que as notificações que chegam até a delegacia. A situação é preocupante na Reserva Indígena, sabemos que as mulheres estão cada vez mais contando com a coragem de denunciar, mas o índice de denúncia ainda é muito abaixo do que imaginamos que aconteça”, destaca.
 
A delegada destacou a importância das campanhas de conscientização com a temática e, neste aspecto, elogiou o trabalho realizado em Dourados pela Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres, como determinação da prefeita Délia Razuk.
 
“A tendência é que se tenha uma demanda cada vez maior de atendimentos com a instalação agora adequada da Delegacia da Mulher na cidade e pelo fato de que a mulher vem se sentindo encorajada por meio das ações feitas pela rede, ao exemplo, do Agosto Lilás, que visitou mais de 60 escolas feito pela Coordenadoria de Políticas Públicas para Mulheres do município, isso leva informação à população faz as mulheres a procurarem seus direitos”, analisou a delegada Paula, destacando ainda que a ação ocorreu também por pedido da população indígena à secretária de Políticas Públicas para Mulheres, Luciana Azambuja.
 
O Ônibus Lilás prestou atendimento às mulheres em situação de violência e, quando necessário, promoveu o encaminhamento para realização do boletim de ocorrência, instrução psicológica ou com assistente social, entre outros desdobramentos que podem ocorrer após a consulta. A unidade móvel estará presente ainda em outros pontos da aldeia e no dia 6 de outubro em Itahum e na Picadinha.
 
A atuação faz parte do trabalho estruturado pela Prefeitura de Dourados via Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres, Governo de Mato Grosso do Sul, Delegacia de Atendimento a Mulher, programa Viva Mulher, Cras Indígena (Centro de Referência da Assistência Social, Defensoria Pública, OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e Ministério Público de levar este atendimento às áreas distantes da sede do município.
 
Além das atividades para as mulheres, o Centro de Controle de Zoonozes (CCZ) mobilizou a população quanto ao combate de vetores, sendo que atuou ainda com a vacinação antirrábica em cães e gatos.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

PARQUE
Ação conjunta vai resgatar animais silvestres na área atingida pelos incêndios
BONITO
Indígenas "fecham" unidade da Funai em protesto contra nomeação
TJ/MS
Justiça permite troca de sobrenome de infantes para homenagear avô
CAPITAL
Motorista é atingido por dois tiros durante tentativa de roubo a caminhão
COLÔMBIA
Sobrinho de Pablo Escobar acha R$ 99 milhões escondidos em parede
NOVA ANDRADINA
Cães Pitbulls de vizinho invadem sítio e matam 23 carneiros
PASSAGEIROS
Agepan divulga recomendações complementares para transporte intermunicipal
CORONAVÍRUS
Brasil se aproxima de 140 mil mortes por Covid; curvas sobem em 8 estados
RIO DE JANEIRO
Candidato a novo mandato, Crivella é declarado inelegível pelo TRE
POLÍCIA
Homem de 40 anos é preso por porte ilegal de arma de fogo

Mais Lidas

DOURADOS
Carro carregado com calhas capota após colisão e mulher fica ferida
PARANÁ
Traficante Elias Maluco é encontrado morto em presídio federal
PEDRO JUAN
Terror na fronteira: três veículos de luxo são incendiados em pontos distintos
PANDEMIA
Prefeitura e MPE entram em acordo para retorno das aulas presenciais na rede privada