Menu
Busca quinta, 09 de abril de 2020
(67) 9860-3221

ONGs podem ter websites gratuitos

24 março 2005 - 17h42

Uma parceria entre a Atrium São Paulo cooperativa formada por profissionais de TI, Fundação Abrinq, Centro Voluntariado de São Paulo e Filantropia.org está possibilitando a divulgação, através de sites na internet, dos trabalhos e projetos executados por ONGs (Organizações Não-Governamentais) de todo o Brasil.A Atrium São Paulo, associada à Corporis Brasil Central de Cooperativas, monta gratuitamente websites de ONGs. O trabalho é feito há cinco anos e mais de 100 entidades em todo o país já foram beneficiadas pela iniciativa."Já construímos a homepage de ONGs com os mais variados focos, desde entidades que apóiam crianças carentes, deficientes e portadores do vírus HIV, a entidades filantrópicas de proteção aos animais", conta Bete Mello, diretora da Atrium."O principal objetivo nesse trabalho é fazer a inclusão virtual dessas entidades, que querem mostrar seus projetos, mas não têm verba para isso."A criação do site é feita voluntariamente por profissionais da área de tecnologia."Mapeamos o que a entidade assistencial quer divulgar no site, traçamos todo o perfil, desenhamos e criamos a página na internet. O trabalho é feito com grande qualidade. Tratamos profissionalmente o projeto, como fazemos para clientes comerciais", diz Bete."Algumas entidades conseguiram formar novas parcerias, depois de entrar no universo virtual. A internet dá visibilidade. É ferramenta fundamental na divulgação dos serviços e projetos desenvolvidos", completa.As ONGs interessadas em criar seu site institucional devem estar cadastradas no site filantropia.org e estar com a documentação atualizada. Também podem fazer a solicitação à Fundação Abrinq ou ao Centro Voluntariado São Paulo. É preciso enviar um breve descritivo das ações propostas, que serão analisadas pelos parceiros da Atrium, e aguardar retorno para a criação do website.Detalhes dos contatos podem ser obtidos através do site da Atrium www.atriumsp.com.br . Em situações de grande demanda, pode haver "fila" para atendimento, pois os projetos são desenvolvidos em paralelo aos projetos da Atrium.Levantamento feito pelo IBGE, Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), Gife (Grupo de Institutos, Fundações e Empresas) e Abong (Associação Brasileira das ONGs) aponta a existência no Brasil de 276 mil associações sem fins lucrativos.A maioria dessas ONGs, 77%, é de pequeno porte, sem nenhum empregado, e está situada na região Sudeste. De acordo com o estudo, lançado em 2002, menos de 10% das 276 mil entidades se dedicam à educação, habitação, saúde e meio ambiente, mas juntas empregam cerca de 1,5 milhão de pessoas. Outras, em percentual maior, se dedicam a atividades religiosas. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

SOLIDARIEDADE
Campanha do Agasalho Abevê espere arrecadar 38 mil peças de roupa
DOURADOS
Inova Unigran desenvolve protótipos de protetores faciais para doação
ESTALIONATO
Produtor rural perde cerca de R$ 123 mil em golpe de venda de gado
RURAL
MS deve registrar safra de 11 milhões de toneladas, maios da história
TRÊS LAGOAS
Motorista é preso após digirir bêbado por mais de 30 quilômetros
CASA PRÓPRIA
Caixa dá 6 meses de carência nos novos financiamentos imobiliários
CORUMBÁ
Bolivianos tentam entrar no Brasil pelo rio Paraguai, são detidos e deportados
SAÚDE
Nelsinho Trad conquista mais R$ 466 mil para esgotamento sanitário de Juti
POLÍCIA MILITAR
Operação Semana Santa inicia com foco nas rodovias e nos rios de MS
BOLSAS
UFGD prorroga pagamento de benefícios a alunos em função da covid-19

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher tenta desviar de buraco, é atropelada por carreta e morre
DOURADOS
Assassinos de homem no Parque das Nações roubaram celular de testemunha
DOURADOS
Na volta ao atendimento, populares formam filas longas em frente a agências bancárias
DOURADOS
Mulher morta em acidente cursava pedagogia e terá corpo levado a Naviraí