Menu
Busca quinta, 20 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Odilon defende mudança na Constituição para eliminar conflitos

25 janeiro 2004 - 11h31

O juiz federal Odilon de Oliveira, que julga ações envolvendo questões indígenas em Mato Grosso do Sul, disse que 340 fazendeiros disputam com índios a posse de 218 mil hectares no Estado. O juiz sugere uma mudança no artigo 231 da Constituição, o qual não prevê indenização aos proprietários pela terra perdida, mas só pagamento pelas benfeitorias A Funai (Fundação Nacional do Índio) precisa de mais R$ 60 milhões em seu orçamento de R$ 94 milhões para demarcar pelo menos 65 áreas indígenas no país, meta deste ano. A informação é do presidente da Funai, Mércio Gomes. O dinheiro deve ser gasto basicamente com indenizações a proprietários rurais pelas benfeitorias nas terras indígenas. Segundo a Funai, o Brasil tem 618 terras indígenas, das quais 196 (31%) ainda não estão demarcadas. Das não-regularizadas, 168 nem sequer foram identificadas por antropólogos, primeiro passo para declará-las indígenas. A identificação é baseada em relato dos índios e na presença de cemitérios de antepassados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BALANÇO
Em 40 dias, apreensões de agrotóxicos superam quase 200% do acumulado em 2019
DOURADOS
Após negociação, mulher é resgatada de torre no Guaicurus
COTAÇÃO
Dólar fecha em alta e renova patamar recorde
BRASIL
Greve não impacta preço dos combustíveis, diz Petrobras
TECNOLOGIA
Empresários de MS receberão R$ 2 mi para incentivar produtos e serviços inovadores
DOURADOS
Mulher ameaça se jogar de torre no Jardim Guaicurus
DEFINIÇÃO
Nomeados novos membros do Comitê Estadual para Refugiados, Migrantes e Apátridas de MS
KIT RONI
Em apreensão, policiais encontram “kit” que transforma pistola em submetralhadora
DEFRON
Mais de 15t de drogas são incineradas no Distrito Industrial em Dourados
PAULISTÃO
Palmeiras e Guarani abrem hoje a sétima rodada

Mais Lidas

APÓS 9 ANOS
Hipermercado fecha as portas em Dourados no final do mês
DOURADOS
Policial aposentado mata homem e diz ter sido ameaçado com faca
VIOLÊNCIA
Homem é assassinado em frente a padaria em Dourados
DOURADOS
Júri termina com réu condenado a 15 anos por matar desafeto em 2018