Menu
Busca quinta, 23 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221

Novo CD será lançado para competir com os piratas

09 dezembro 2003 - 19h16

O cantor Ralf, da dupla Christian e Ralf, levou hoje ao ministro da Cultura, Gilberto Gil, um novo tipo de CD que inviabiliza a cópia pirata e garante grande vendagem. O novo CD sairá por R$ 4, enquanto um pirata é vendido por R$ 5 e um CD normal por R$ 25. Acompanhado do deputado Paulo Bernardo (PT-RJ), Ralf veio pedir o apoio do governo, que considera fundamental para o sucesso do projeto. "Se eles (os piratas) baixarem para R$ 4, nós baixamos para R$ 3", garantiu Ralf, que assegura a mesma qualidade técnica dos produtos importados e nacionais. Ele pretende lançar o primeiro disco da dupla, com duas músicas inéditas, até o Natal. O disco ocupa uma pequena parte para gravação, deixando o restante, na mesma face, para informações técnicas e registros autorais. Segundo o ministro Gil, é uma boa idéia e uma forma de criptografar as cópias. "O Ministério vai acompanhar e ajudar no que for preciso. É uma novidade. Um produto barato, capaz de competir com os da pirataria", acrescentou. Ralf reclama da venda dos piratas que já ocupam cerca de 60% do mercado nacional. "Na Venezuela, devido a essa atuação clandestina, as gravadoras estão falindo, existindo poucas no país. Sei que está difícil vender 500 mil CDs. Mas com esta nova tecnologia, o artista poderá vender até 3 milhões", aposta. A dupla Christian & Ralf, que existe há 18 anos e é responsável por sucessos como Desejo de Amar e Poeira no Vento, é dona da patente do produto. "Um achado", explica Ralf, em visitas e conversas mantidas nas gravadoras, onde descobriu o que considera "a luta do bem contra o mal".

Deixe seu Comentário

Leia Também

ROCHEDO
Adolescente atira acidentalmente com espingarda e mata amigo de 13 anos
ECONOMIA
Variação do preço do gás de cozinha é de 22% em Dourados
PONTA PORÃ
Foragido da justiça de Goiás é capturado na fronteira
REGIÃO
Drogas e armas são apreendidas em Angélica durante operação
ECONOMIA
Governo pretende mudar período usado para corrigir salário mínimo
UNIVERSIDADE
Uems oferta 2.163 vagas no Sisu 2020 até domingo
SAÚDE
Brasil é o segundo em número de casos de hanseníase no mundo
NOROESTE DE MS
Policiais encontram mais de 125 kg de cocaína em tanques de combustível
PLEBISCITO
Senado do Chile devolve projeto sobre paridade de gênero à Câmara
DOENÇA
Ministério da Saúde descarta suspeita de caso de coronavírus no Brasil

Mais Lidas

UFGD
Aluna branca aprovada em Medicina como indígena aponta engano na inscrição
VILA ROSA
Homem morre após ser atingido por facada no pescoço em bairro de Dourados
EMPREGO
Empresa abre 136 vagas para classificadores de grãos em Dourados e região
CRIME
EXCLUSIVO: Sucessor de Minotauro é trazido para Dourados em meio a crise penitenciária na fronteira