Menu
Busca domingo, 19 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221

Novas pesquisas devem indicar queda de Ciro

15 agosto 2002 - 16h47

Os ataques desferidos pelos adversários estão afetando de forma significativa o desempenho do candidato da Frente Trabalhista, Ciro Gomes, nas pesquisas realizadas nesta semana. As próximas pesquisas eleitorais já devem apontar uma queda de Ciro Gomes acima da margem de erro.
Ele perde pontos também nas simulações de segundo turno em que o adversário apresentado é Luiz Inácio Lula da Silva, do PT. Nas últimas pesquisas, de todos os institutos, Ciro aparecia como vencedor sobre Lula. Agora, ele empata. Os candidatos Lula e José Serra, do PSDB ganham eleitores com a queda de Ciro. Nas pesquisas da semana, aumenta o contingente de eleitores indecisos.
O processo de queda da aceitação de Ciro por parte do eleitorado das capitais e segmetos mais escolarizados, registrado nas duas últimas semanas em pesquisa Ibope, pode estar se propagando para cidades médias. Por isso, o resultado final da pesquisa o afeta diretamente. Junto com a queda de Ciro Gomes, as pesquisas da semana mostram que amplia o número de indecisos - um processo considerado natural pelos pesquisadores. O eleitor deixa um candidato e fica indeciso até seguir para outro postulante. Parte dos votos se divide entre José Serra e Lula.
O instituto DataFolha tem pesquisa registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e pode divulgá-la a partir de sábado. O Ibope inicia consulta nesta sexta-feira para divulgar os números na terça-feira no Jornal Nacional, da TV Globo. E o Instituto Vox Populi já está com equipe em campo para divulgar sua pesquisa feita com recursos próprios no próximo domingo.
A crítica feita pelos adversários, em especial pelo tucano José Serra, tentando carimbar Ciro Gomes como candidato 'mentiroso' foi a principal razão da queda dele nas pesquisas. Isso aconteceu no mesmo tempo em que o candidato se irritou com jornalistas, deu respostas ríspidas a empresários. Desde ontem, Ciro Gomes se recolheu para gravar programas eleitorais e tem evitado compromissos públicos.
Os tucanos estão comemorando antecipadamente a movimentação das pesquisas, na certeza de que o candidato José Serra será o maior beneficiário de uma eventual queda de Ciro Gomes. Segundo os cálculos feitos pela equipe de estratégia do candidato, se ele subir entre três e quatro pontos nos próximos dez dias e Ciro Gomes perder na mesma proporção, a campanha estará 'zerada' e o resultado final vai depender dos programas eleitorais no mês de setembro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

RODOVIA
Menor é apreendido com maconha na MS-289; tráfico seria para quitação de dívida
GERAL
Mais 11 lotes de cerveja Backer estão contaminados, informa ministério
TEMPO
Previsão aponta calor e pancadas de chuva à tarde para o 'domingão' em Dourados
CONCURSO
Mais de 24 mil inscritos participam neste domingo do processo seletivo para professor temporário
SORTEIO
Mega-Sena acumula e deve pagar R$ 32 milhões na terça-feira
CAPITAL
Florista ferida a tiros está em coma e ex segue internado sob escolta policial
EDUCAÇÃO
Após queixas de alunos, ministro admite erro na correção do Enem
TRÊS LAGOAS
Menina de 4 anos é internada em estado grave após ser picada por escorpião
MIRANDA
Motociclista morre ao bater de frente contra Fiat/Uno na BR-262
CULTURA
Regina Duarte quer uma conversa 'olho no olho' com Bolsonaro

Mais Lidas

CAPITAL
Veterinária deixa motel em surto e morre embaixo de caminhão
TRÁFICO
Polícia flagra esquema de venda de droga no cartão em Dourados
DOURADOS
Mulher é trancada no banheiro durante assalto no BNH 3º Plano
GUARDA
Traficante que queria ganhar R$ 12 mil vendendo drogas é presa em Dourados