Menu
Busca quarta, 19 de junho de 2019
(67) 9860-3221
ESTRAGOS DA CHUVA

Nova ponte que substitui a que desabou em 2016, será concluída em abril

05 março 2018 - 09h19Por Da redação

A ponte de concreto em construção pelo Governo do Estado no Rio Santo Antônio, em Guia Lopes da Laguna, em substituição a estrutura entregue pelo governo anterior e que desabou em efeito dominó, em janeiro de 2016, está praticamente concluída e há duas semanas passou em um grande teste. Seus pilares e as cabeceiras suportaram a forte correnteza do rio, que subiu mais de quatro metros na região devido a um temporal.

Com previsão de ser finalizada em abril, a ponte do Santo Antônio é um exemplo da nova concepção de engenharia adotada pelo atual governo, que prima pela qualidade técnica de suas obras, em especial de infraestrutura. A antiga estrutura foi mal planejada, como outras construídas pela gestão passada e que também desabaram – recentemente caiu a ponte sobre o Rio dos Velhos, em Jardim, inaugurada em 2014 – e está sob investigação da Justiça.

O desabamento da ponte isolou regiões de produção agropecuária de Guia Lopes da Laguna, incluindo os assentamentos Rio Feio e Retirada da Laguna. Além da dificuldade de escoamento da produção e acesso a Antônio João, pela rodovia MS-382, os estudantes dessa área rural são obrigados a usar um desvio, pela Ponte do Gringo, até as escolas urbanas, aumentando a distância em mais de 20 quilômetros. A travessia da rodovia, atualmente, é feita por uma pinguela.

“Jogaram dinheiro pelo rio”

O Estado aguardou mais de um ano o resultado das investigações e perícias sobre a ponte que desabou e decidiu construir a nova ao lado dos escombros da antiga, que ainda estão obstruindo o rio, atendendo ao clamor da população local e principalmente os grandes e pequenos produtores rurais. A ligação de concreto sobre o rio é fundamental para o escoamento da produção de grãos e bois pela rodovia estadual.

“A ponte que desabou foi uma obra malfeita, jogaram dinheiro pelo ralo, aliás, pelo rio, cujo desabamento acabou se tornando uma imagem famosa e demonstrou o descanso de quem deveria ter responsabilidade com a coisa pública”, afirmou o governador Reinaldo Azambuja, ao lançar a reconstrução. Segundo ele, o novo projeto atende as características da MS-382, que será asfaltada para reduzir distância no escoamento de grãos de Dourados e Ponta Porã ao porto de Porto Murtinho.

Novo projeto atesta alto padrão

A estrutura de 80 metros sobre o rio Santo Antônio é uma das 94 pontes projetadas e em construção pelo Governo do Estado em 39 municípios, 50 das quais já entregues pelo governador Reinaldo Azambuja. Do total de investimentos (R$ 104 milhões), a nova passagem de concreto terá um custo final de R$ 4,7 milhões. Ao contrário da anterior, por onde passava apenas um carro, a atual terá 12 metros (duas pistas e uma passarela) de largura.

“Tivemos que mudar o traçado da rodovia, para construirmos a ponte em outro local, e essa obra tão esperada pela população daquela região nos exigiu muitos estudos; o projeto foi refeito para mantermos o alto padrão que o empreendimento requer”, explicou o secretário de Estado de Infraestrutura, Marcelo Miglioli. “A obra está 85% concluída e vamos entrega-la em abril, dentro do prazo, se as chuvas cessarem na região”, completou.

Maior programa de pontes

A grandiosidade da construção sobre o rio Santo Antônio, no limite dos municípios de Guia Lopes da Laguna e Jardim, demonstra o arrojado projeto e o rigor técnico determinado pelo governador Reinaldo Azambuja. Os pilares que vão sustentar as vigas de concreto, já prontas, têm a mesma dimensão na base enterrada no solo, explicam os técnicos da empresa executora. No atual estágio, também está sendo finalizado o aterramento da rodovia até a estrutura.

“Todas as pontes estão sendo construídas com projetos executivos para garantir o bom emprego do dinheiro público e o direito de ir e vir das pessoas, além de facilitar o escoamento das nossas riquezas”, certifica o governador. 

O Governo do Estado, somente em pontes, investe R$ 8,9 milhões em Guia Lopes da Laguna. Três estruturas de concreto – uma segunda sobre o rio Santo Antônio e outras duas sobre o rio Santa Tereza e Córrego Desbancado – já foram entregues por Reinaldo Azambuja. “Estamos executando o maior programa de pontes da história de MS”, destacou o governador. “Isso significa desenvolvimento, progresso e, principalmente, integração entre nossos municípios”.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZZ
Em cenário paradisíaco, Letícia Lima brinca: "estou insuportável"
CAMPO GRANDE
Mãe procura rapaz de 21 anos que desapareceu no último sábado
UEMS
Estão abertas as inscrições para o Programa de Mobilidade Nacional
JUSTIÇA
Homem é condenado por esfaquear mulher e terá que pagar R$ 8 mil
TRÂNSITO
Mais de 233 mil veículos devem passar pela BR-163 no feriado
POLÍTICA
Cinco partidos de oposição anuncia obstrução à reforma da Previdência
DIA 24
Luiza Brunet será empossada embaixadora do Mãos EmPENHAdas
RURAL
Plano Safra terá R$ 225,59 bilhões em créditos para agricultores
CAMPO GRANDE
Mulher vai ao salão de beleza e quando sai encontra veículo incendiado
POLÍTICA
Senado aprova parecer que pede suspensão dos decretos das armas

Mais Lidas

FATALIDADE
Corpo de douradense é encontrado no rio Aquidauana
DOURADOS
Perseguição na Coronel Ponciano termina com homem preso e apreensão de mais de 700kg de maconha
PARAGUAI
Homem escapa de sequestro, mas acaba executado por pistoleiros em posto
RESERVA INDÍGENA
Dois são presos suspeitos pelas mortes de tio e sobrinho em Dourados