Menu
Busca segunda, 17 de junho de 2019
(67) 9860-3221

Noite cultural conclui ano do Peti e Asema de Itaquiraí

17 dezembro 2003 - 18h33

A Assessoria de Assistência Social da Prefeitura de Itaquiraí promoveu uma noite cultural, na terça-feira (16), para marcar o encerramento das atividades dos projetos sociais Atendimento Sócio-educativo (Asema), e Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti).A noite cultural contou com as participações especiais dos corais do Projeto Conviver, do coral infantil “Cantando Também se Aprende”, formado pelas crianças do Peti e Asema. O evento foi prestigiado pelos pais dos alunos que compareceram em massa na sede social do Lions Clube, para assistir as apresentações.Os professores e funcionários do Peti, Asema, Casa do Pequeno Cidadão e a equipe da Assistência Social montaram um palco para as apresentações decorando o cenário com motivos natalinos. O empenho dos professores foi sentido na boa performance dos alunos que com total desenvoltura levaram para o palco as melhores mensagens de fé, esperança e otimismo.As mensagens foram passadas ao público através das músicas cantadas pelos corais infantis e pelo coral da terceira idade, tais como: “Jesus Cristo eu estou aqui”, “Todo dia é dia de Natal”, “Amigos para Sempre”, entre outras. Danças coreografadas também prenderam a atenção da platéia como a apresentação da “Vem cair na zoeira”.Um teatro apresentado somente por alunos, tendo como cena uma sala de aula, alunos e a professora, abordou o significado da beleza natural. Na encenação as crianças mostraram que a maior beleza é aquela que fica guardada no coração, no sentimento de fraternidade e de valorização da vida, sendo sempre esta a mesma mensagem apregoada por Jesus Cristo.O encerramento da noite cultural foi com chave de ouro, onde os idosos e as 278 crianças assistidas pelo município participaram da encenação da “Noite Feliz”. A mangedoura foi instalada no palco. Os reis magos foram até o Menino Jesus que era guardado pela sua mãe Maria. Para envolver ainda mais no espírito do Natal, os organizadores clarearam o ambiente apenas com as luzes de velas ao som do Noite Feliz entoado pelos três corais presentes.Rose Mari Vieira, primeira-dama e assistente social do Município fez discurso observando aos pais que seus filhos estão em boas mãos e em um bom lugar, agradeceu a confiança recebida e, principalmente, a efetiva participação de todos os professores, funcionários e pais de alunos no desenvolvimento sócio-cultural dos menores. Ela ainda mencionou o imprescindível apoio do prefeito Edson Vieira que tem incentivado todo o seu trabalho.Em sua mensagem ela disse que “enquanto houver professores que amam seus alunos, podem ter certeza que ali haverá Educação”. Em seu tema de despedida do ano de 2003, Rose Vieira destacou que “nem tudo está perdido” e “eu amo vocês, crianças, idosos professores, funcionários e pais”. Por último, a primeira dama distribuiu lembrancinhas para cada alunos beneficiado pela Assistência Social da prefeitura.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Reforma da Previdência vai ser tema de audiência pública na Câmara
É LEI EM MS
Cartazes devem informar em locais públicos direitos de pacientes com câncer
BRASIL
Mercado financeiro espera por cortes na Selic a partir de setembro
DOURADOS
Protesto contra nomeação de reitora tem 'abraço' coletivo e 'tapete alaranjado'
CAMPO GRANDE
Paciente descontrolado ameaça assistentes sociais por demora em atendimento
SUB-19
União goleia e fica perto da vaga na Copa SP do ano que vem
PREVENÇÃO
Secretário da Senad participa da abertura da IV Semana Estadual sobre Drogas
CRIME AMBIENTAL
Polícia prende capataz por caçada e apreende pistola e animais abatidos
FUTEBOL
Japão e Chile estreiam hoje em único jogo da Copa América
JARDIM TROPICAL
Mulheres são assaltadas enquanto saíam de igreja em Dourados

Mais Lidas

POLÍCIA
Casal contratado para levar maconha até Campo Grande é preso em Dourados
FURTO
Jovem é preso enquanto furtava bicicleta dentro de residência em Dourados
ASSALTO
Pastor marido de deputada federal é executado no Rio
POLÍCIA
Após cinco mortes em uma semana, órgãos realizam operação na reserva indígena de Dourados