Menu
Busca Quinta, 23 de Novembro de 2017
(67) 9860-3221
Sertão - Novembro 2017
CAMPO GRANDE

Negado pedido de substituição de pena de condenados por tráfico de drogas

11 Janeiro 2017 - 16h20

Os desembargadores da 2ª Câmara Criminal, por unanimidade, negaram pedido de substituição de pena privativa interposto por F.S.P. e J.P.S., ambos condenados em 1º Grau por tráfico de drogas.

Consta nos autos que no dia 31 de dezembro de 2015, por volta das 15h50, no bairro Alves Pereira, em Campo Grande, os dois foram flagrados com 203 papelotes de pasta-base de cocaína (totalizando 50 gramas), além de uma porção de maconha, de 7,8 gramas. Ambos tinham a intenção de transportar os produtos até o Distrito de Aroeira, próximo a Nova Alvorada do Sul, e entregar a pessoa identificada apenas por "Maycon", recebendo, para tanto, o valor de R$ 1.500,00.

A defesa do réu J.P.S., com base no parágrafo 4º, do art. 33, da Lei nº 11.343/2006, pediu que a pena fosse substituída considerando-se o fato de o réu ser primário e da considerável quantidade de narcótico transportada.

O Ministério Público opinou pela denegação da ordem, pois a natureza e a quantidade da substância apreendida fazem parte das circunstâncias e das consequências do crime e devem ser consideradas como critério de preponderância para o estabelecimento da pena-base.

Para o relator do processo, Des. Carlos Eduardo Contar, não há reparo a ser efetuado na decisão de primeiro grau, já que os acusados foram presos em flagrante, com elevada quantidade de drogas, o que evidencia a participação, ainda que indiretamente, na "cadeia do crime".

No entender do desembargador, o transporte de significativa quantidade de droga exige experiência e preparo por parte dos envolvidos, a fim de que se possa garantir que o produto será levado a seu destino e, evidentemente, após a entrega, há de haver prestação de contas ao ‘proprietário’.

"Não há que se falar em reconhecimento da causa de diminuição da eventualidade em razão da considerável quantidade de narcótico transportada. Nessa esteira, resta prejudicado o pedido de substituição da pena privativa de liberdade por restritiva de direitos".

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUA DE MEL
Atleta do nado curte dia de sol nas Maldivas
DOURADOS
Prefeita recebe Udam e destaca trabalho conjunto com presidentes de bairros
ASSEMBLEIA
Executivo envia três projetos à Casa de Leis nesta quarta-feira
FUTSAL
Presidente Vargas é campeão do Estadual feminino
BRASIL
CCJ dá início à tramitação da PEC que acaba com foro privilegiado
SAÚDE
"Ônibus da Saúde" leva atendimento oncológico até Fátima do Sul no próximo sábado
EDUCAÇÃO FÍSICA
Participantes do Desafio 15 Dias do Jorjão perderam 332 quilos
ECONOMIA
Dólar cai e volta a R$ 3,23 com exterior e à espera de reforma da Previdência
DOURADOS
Délia recebe entidades conveniadas e garante manter parcerias
DOURADOS
Termina amanhã as inscrições para residências no HU

Mais Lidas

CANAÃ I
Homem é preso com mais de 100 porções de pasta base
DOURADOS
Jovem é preso em nova fase de operação contra pedofilia
IVINHEMA
Fim do casamento faz ex divulgar fotos íntimas por whatsapp
JARDIM CLÍMAX
Mulher é presa suspeita de vender catuaba a menores