Menu
Busca segunda, 20 de agosto de 2018
(67) 9860-3221
DOURADOS

Mulheres são detidas com armas em garrafa de tereré

14 fevereiro 2018 - 17h20Por Gizele Almeida e Osvaldo Duarte

Uma pistola 635 e um revólver calibre 32 foram escondidos em um recipiente muito usado por sul-mato-grossenses. A garrafa térmica para tereré. A ideia foi de duas mulheres – 62 e 37 anos - que acabaram detidas agora pouco em Dourados. 

De acordo com informações policiais, a Polícia Militar equipe da Rádio Patrulha, fazia rondas na avenida Joaquim Teixeira Alves próximo ao cruzamento da rua Barão do Rio Branco quando notaram duas mulheres em frente a uma residência em atitudes suspeitas.

A equipe havia recebido denúncia de armas na residência. 

Policiais em rondas notaram que a mulher de 62 anos passou a garrafa para a mulher de 37 anos que é sua nora e realizaram a abordagem. 

Questionadas sobre a existência de armas na residência, ambas negaram. A equipe então abriu a garrafa e encontrou as armas, sendo que na pistola 635 havia uma munição intacta. 

As duas foram detidas e estão no 1°Distrito Policial. 

 

 

;

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Moraes diz que multas a caminhoneiros não podem ser perdoadas
EDUCAÇÃO
Universidades vão escolher como distribuir bolsas de doutorado
COTAÇÕES
Dólar fecha em alta e vai a R$ 3,95, maior valor desde fevereiro
SELEÇÃO ESTAGIÁRIOS
HU-UFGD divulga resultado preliminar da seleção pública de estagiários
AÇÃO CONJUNTA
Ação conjunta entre PF e PMA autua seis pescadores do Paraná por pesca ilegal
HOMENAGENS
Solenidade marca o Dia Estadual do Ensino Superior
BRASIL
Ministério Público reitera ao TSE parecer pela inelegibilidade de Lula
CAMPO GRANDE
Carro "desce" a rua após ser estacionado e cai em córrego
ELEIÇÕES 2018
Odilon nega “ataque” a Pedro Chaves e diz que nota foi endereçada àqueles que falam em sua desistência
RORAIMA
Força Nacional chega a Boa Vista para reforçar segurança na fronteira

Mais Lidas

BR-463
Acidente mata motociclista que tentava atravessar rodovia em Dourados
BRUTALIDADE
Estudante de medicina brasileira é assassinada na fronteira
FRONTEIRA
Trio suspeito de matar policial paraguaio é preso
FRONTEIRA
Dois são executados a tiros de pistola e fuzil