Menu
Busca sexta, 17 de agosto de 2018
(67) 9860-3221
CAMPO GRANDE

Mulher exige mais de R$ 2 mil para não divulgar ‘nudes’ de homem

12 agosto 2018 - 10h45Por Da redação

Um homem de 48 anos foi vítima de tentativa de extorsão após enviar ‘nudes’ via whatsapp. O caso ocorreu em Campo Grande, por volta das 20h30 deste sábado (11). 

Conforme o Midiamax, a vítima entrou em uma sala de bate papo em um chat e conheceu uma mulher de Minas Gerais e ambos trocaram whatsapp e seguiram a conversar.

Segundo a vítima, aparecia a foto de uma mulher no perfil. Depois de algumas conversas, ela pediu fotos dele pelado e o homem encaminhou as imagens. 

Ainda conforme o Midiamax, minutos depois, a mulher pediu R$ 2.250,00 para não divulgar as fotos na internet e nem no Facebook da filha do homem.

A vítima disse que não tinha dinheiro e a mulher então resolveu baixar o valor da extorsão para R$ 1 mil.
O homem bloqueou o número e registrou ocorrência na Delegacia de Pronto Atendimento (Depac) do bairro Piratininga.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

PROJETO
Policiais do Choque poderão ter adicional de especialização em MS
NOVA ANDRADINA
Mulher é presa por esfaquear marido após discussão
BRASIL
Pesquisa indica que 16 milhões de brasileiros vivem sem nenhum dente
DOURADOS
Jovem é assaltada por dupla armada no Jardim Paulista
DOURADOS
Polícia flagra traficante com maconha e cocaína dentro de carro
BRASIL
Selecionados do Fies com inscrição postergada devem completar dados
ACIDENTE
Veículo capota e mulher morre ao ser lançada para fora
DOURADOS
À espera da audiência de custódia, envolvidos em morte de criança permanecem em delegacia
SELEÇÃO PÓS-COPA
Tite divulga lista de convocados nesta sexta-feira
TEMPO
Sexta-feira será de sol em Dourados e em todo o MS

Mais Lidas

DOURADOS
Madrasta de criança morta é autuada por homicídio
DOURADOS
Além da madrasta, delegado autua o pai e ambos responderão pela morte de criança
DOURADOS
Criança de 1 ano teve trauma no tórax e laceração hepática
DOURADOS
Criança possuía lesões na cabeça e pescoço e polícia investiga o caso