Menu
Busca segunda, 20 de agosto de 2018
(67) 9860-3221
CRIME AMBIENTAL

Mulher é autuada em R$ 2,4 mil por armazenamento ilegal de madeira

26 setembro 2017 - 16h50

Nesta terça-feira (26), uma mulher de 36 anos, moradora no assentamento Indaiá foi autuada pela PMA (Polícia Militar Ambiental) por armazenar madeira ilegalmente.

Os policiais militares ambientais de Aquidauana verificaram em vistoria que a infratora armazenava em seu lote 500 estacas de madeira da espécie carvão branco sem autorização do órgão ambiental.

Não havia autorização ambiental (DOF – Documento de Origem Florestal), que é o documento legal para se ter em depósito ou transportar qualquer produto florestal.

A infratora foi autuada administrativamente e multada em R$ 2.4 mil. Ela também responderá por crime ambiental, com pena prevista de seis meses a um ano de detenção.


Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Moraes diz que multas a caminhoneiros não podem ser perdoadas
EDUCAÇÃO
Universidades vão escolher como distribuir bolsas de doutorado
COTAÇÕES
Dólar fecha em alta e vai a R$ 3,95, maior valor desde fevereiro
SELEÇÃO ESTAGIÁRIOS
HU-UFGD divulga resultado preliminar da seleção pública de estagiários
AÇÃO CONJUNTA
Ação conjunta entre PF e PMA autua seis pescadores do Paraná por pesca ilegal
HOMENAGENS
Solenidade marca o Dia Estadual do Ensino Superior
BRASIL
Ministério Público reitera ao TSE parecer pela inelegibilidade de Lula
CAMPO GRANDE
Carro "desce" a rua após ser estacionado e cai em córrego
ELEIÇÕES 2018
Odilon nega “ataque” a Pedro Chaves e diz que nota foi endereçada àqueles que falam em sua desistência
RORAIMA
Força Nacional chega a Boa Vista para reforçar segurança na fronteira

Mais Lidas

BR-463
Acidente mata motociclista que tentava atravessar rodovia em Dourados
BRUTALIDADE
Estudante de medicina brasileira é assassinada na fronteira
FRONTEIRA
Trio suspeito de matar policial paraguaio é preso
FRONTEIRA
Dois são executados a tiros de pistola e fuzil